segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Teerã enviará frota para o Atlântico, diz almirante iraniano

Os comandantes americanos não devem subestimar as capacidades da Marinha iraniana, disse o Contra-Almirante Habibollah Sayyari, prometendo deixar sua frota navegar para a parte ocidental do Atlântico em futuro próximo.

"Nenhum oficial militar no mundo pensou que pudêssemos atravessar a África para o Oceano Atlântico através do Canal de Suez, mas fizemos isso porque declaramos que iremos para o Atlântico e as águas ocidentais", disse o almirante em uma cerimônia Em Teerã, como citado na mídia iraniana.

Sayyari disse que em "programa recente na CNN", as autoridades dos EUA tentaram retratar a Marinha iraniana como fraca e incapaz de operar em grandes distâncias.

"Em um programa transmitido na CNN, eles desenharam da capacidade de uma linha entre Bandar Abbas, um porto iraniano, e o Atlântico, disseram que o Irã não é capaz de entrar no oceano e passar por ele", acrescentou. "Mas chegamos ao Atlântico, e iremos para o oeste do oceano no futuro próximo".

Sayyari havia dito anteriormente que o envio das forças da Marinha iraniana para o Atlântico era uma das suas prioridades.

"Redistribuição de meios no Oceano Atlântico, superioridade de inteligência, desenvolvimento das comunicações, progresso no desenvolvimento na costa de Makran e a construção de novos navios estão entre os planos da Marinha este ano", disse Sayyari.

A Marinha iraniana está envolvida em operações em todo o mundo para garantir rotas navais e proteger navios mercantes e embarques de petróleo. Desde 2008, os navios de guerra iranianos têm conduzido patrulhas do Golfo de Aden, entre o Chifre da África e a Península Arábica, para se proteger contra piratas somalis, que renovaram suas incursões em navios mercantes na área desde o início da guerra civil do Iêmen.

GBN News - A informação começa aqui
com agências

0 comentários:

Postar um comentário