quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Duterte chama Kim Jong-Un de "Cara Gorda" e tolo "filho da put*"

O presidente filipino, Rodrigo Duterte,  se referiu a Kim Jong-un como um "tolo" e um "filho da put*" que "está brincando com brinquedos perigosos". Vindo a fazer tais declarações apenas alguns dias antes da reunião que contará com a presença de 27 ministros estrangeiros, na qual provavelmente abordará o impasse norte-coreano.

"Este Kim Jong-un, é tolo que está brincando com brinquedos perigosos...", disse Duterte em discurso nesta quarta-feira (2).

"Essa cara gorda que parece amável. Esse filho da put*. Se cometer um erro, o Extremo Oriente se tornará uma terra árida. Deve ser interrompido, antes de começar uma guerra nuclear..."

"Um confronto limitado e explodindo aqui, eu vou te dizer que as consequências podem esgotar o solo, os recursos e não sei o que acontecerá com a gente".

Seus comentários acontecem poucos dias antes do Fórum Regional das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), que reunirá os ministros de 27 países, incluindo os EUA, Coréia do Norte e Coréia do Sul. A reunião quase certamente incluirá discussões sobre o impasse norte-coreano.

Os comentários desta quarta-feira (2) não são a primeira vez que Duterte, conhecido por sua retórica franca e muitas vezes polêmica, atacou Kim e suas ambições nucleares.

Em abril, Duterte questionou a sanidade do líder norte-coreano, exortando os EUA a mostrarem moderação e não se acostumarem com um homem que "quer acabar com o mundo".

Os comentários vieram depois que a Coréia do Norte afirmou ter lançado dois mísseis balísticos intercontinentais (ICBMs) nas últimas semanas.

O Pentágono apoiou as afirmações de Pyongyang de que os mísseis eram realmente ICBMs, embora a Rússia diz que eles provavelmente eram mísseis balísticos de médio alcance.

Duterte que é mais conhecido por sua controversa guerra às drogas, que levou à morte de mais de 8 mil pessoas, sempre fez manchetes com suas opiniões sem barreiras. Suas declarações mais recentes incluem chamar a Oxford University, na Grã-Bretanha  de "escola para pessoas estúpidas" e chamar os EUA de um país "ruim" .

No mês passado, ele advertiu militantes islâmicos lutando no país de que ele "comeria seus fígados" na frente deles, depois de temperá-los com sal e vinagre.

As outras declarações de Duterte incluem chamar o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, de "filho de put*"  e ameaçando "queimar as Nações Unidas".

GBN News - A informação começa aqui
com agências

0 comentários:

Postar um comentário