sábado, 5 de agosto de 2017

Índia enfrenta problemas com seus MIG-29K

A Marinha Indiana está enfrentando problemas de manutenção aguda com suas 45 aeronaves MiG-29K, que são os únicos caças do porta-aviões INS Vikramaditya, segundo um alto funcionário da Marinha da Índia.

"Nós (Marinha indiana) queremos que a aeronave MiG-29K seja mais robusta para realizar operações embarcadas, porque aterrissar no convés do porta-aviões é um pouso difícil e a aeronave precisa de manutenção freqüente", disse o oficial da Marinha.

"Há defeitos estruturais freqüentes devido á operação no convés", acrescentou o funcionário.

Os indianos não fecharam um contrato de manutenção automática da aeronave com os russos ao comprar o MiG-29K entre 2004 e 2010 por 2,2 bilhões de dólares.

"Hoje, eles são totalmente dependentes da Rússia para todas as principais questões de apoio", disse um oficial do Ministério da Defesa da Índia sobre a Marinha. "O Ministério da Defesa indiano abordou o assunto com os russos em várias ocasiões. Embora os russos tenham enviado suas equipes técnicas, nenhuma solução foi divulgada ".

Arun Prakash, um almirante da Marinha indiana aposentado, criticou mais a situação: "A verdade é que a Marinha Indiana praticamente financiou o desenvolvimento desta aeronave, que a Armada russa está adotando agora, e se os russos tivessem ética, eles garantiriam que todas as lacunas fossem corrigidas gratuitamente ".

De acordo com um funcionário do Ministério da Defesa, a estatal Hindustan Aeronautics Limited oferece pouca ajuda nessa situação: "Sem a aprovação da autoridade de design, é difícil entrar com qualquer modificação".

GBN News - A informação começa aqui
com agências

0 comentários:

Postar um comentário