sexta-feira, 28 de julho de 2017

Marines "suspende" a operação de todos seus KC-130T após acidente no Mississípi


O US Marine Corps resolveu suspender todas as operações de sua frota de KC-130T "por cautela" enquanto são investigadas as causas do acidente ocorrido no inicio do mês no Mississípi.

A decisão afeta 12 aeronaves, todas operadas pela Marine Forces Reserve, disse a porta-voz, tenente Stephanie Leguizamon.

"Por cautela, o Corpo de Fuzileiros Navais (USMC) tomou a ação prudente de suspender a operação com as aeronaves KC-130T na sequência do acidente do dia 10 de julho até novo aviso", disse ela.

As aeronaves KC-130J do USMC, bem como as variantes do C-130 da US Navy e da USAF, não são afetadas pela suspensão temporária das operações de voo.

Em 10 de julho, um KC-130T caiu no Mississippi, matando 15 marines e um marinheiro. Foi o acidente mais grave da aviação naval desde 2005. O avião veio do Marine Aerial Refueler Transport Squadron 452 em Nova York, que voa os KC-130 que são modificados para fornecer capacidades de reabastecimento aéreo (REVO).

No entanto a porta-voz não informou o que levou o Corpo de Fuzileiros Navais a tomar a decisão de suspender os voo de sua frota de KC-130T, e se a decisão esta ligada a descobertas iniciais da investigação, que ainda está em andamento.

As informações preliminares dizem que "algo deu errado na altitude de cruzeiro", disse aos repórteres o general Bradley S. James, comandante geral da 4th Marine Aircraft Wing, em 12 de julho. "Há um padrão de detritos grandes" e duas grandes áreas de impacto a uma milha de distância, acrescentou.

O avião estava carregando munição e armas , uma Equipe de Eliminação de Armas Explosivas foi enviada para recolher os destroços e munições não detonadas. Funcionários não disseram se a munição poderia ter explodido em voo, mas testemunhas relataram ouvir um estrondo antes da aeronave cair.

"Parecia uma grande tempestade", disse o fazendeiro Will Nobile. "Nenhuma grande explosão, mas algumas explosões. ... Um estrondo longo e constante é o que ouvi.

GBN News - A informação começa aqui
com agências


0 comentários:

Postar um comentário