quinta-feira, 13 de julho de 2017

Lula é condenado - Nove anos e seis meses de prisão no caso triplex, mais ainda não será preso

O juiz Sergio Moro decretou a sentença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o qual foi condenado á nove anos e meio de prisão, onde pagará pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
 A sentença, anunciada nesta quarta-feira (12), é resultante do processo julgado pelo juíz Sérgio Moro no processo em que o petista foi acusado sob os crimes investigados pela operação Lava-Jato, no qual há provas do recebimento de propina da empreiteira OAS, uma das maiores do Brasil e parte do chamado "clube do bilhão", que se beneficiou nos últimos anos com contratos bilionários com a Petrobras firmados de forma irregular e criminosa. Entre as vantagens recebidas por Lula, consta nos autos do processo, o "famoso" apartamento tríplex no Guarujá, em São Paulo. Este é um momento histórico, onde pela primeira vez no Brasil um ex-presidente é condenado por corrupção.
Entre a acusação formal feita pelos procuradores da Lava-Jato e a sentença do juiz Moro, levou pouco mais de dez meses. A força-tarefa apontou o ex-presidente como “chefe” de um sórdido esquema de corrupção dentro da Petrobras e o acusou de participar, em parceria com a OAS, no desvio de mais de  87 milhões de reais dos cofres da estatal brasileira. 
Lula é apontado como o principal líder do esquema de corrupção que tomou a petrolífera brasileira, causando enorme prejuízo aos cofres do Brasil, somando ainda  a compra de apoio parlamentar e o financiamento irregular de campanhas eleitorais, meio o qual usou para perpetuar o domínio do governo pelo PT e seus comparsas.
Apesar da sentença, ainda não veremos o criminoso petista atrás das grades, pois o ex-presidente é beneficiado por uma determinação do STF, onde a pena só pode ser cumprida após a decisão da segunda instância, e o mesmo não teve a prisão preventiva decretada por Moro.
O julgamento em segunda instância deve ocorrer em no mínimo um ano, algo que infelizmente dá brecha para que o petista tente se eleger presidente novamente.
Não se sabe quando a defesa do ex-presidente vai apelar da sentença de Sergio Moro, nem quando o magistrado enviará os autos do processo contra Lula ao TRF4, mas, considerando a média de um ano, um mês e 15 dias de decisão dos desembargadores a partir das remessas da primeira instância, é possível que o julgamento na segunda instância se dê às vésperas ou em meio à campanha eleitoral de 2018.
Apesar de termos compromisso com a imparcialidade, nós do GBN News esperamos que a justiça seja feita contra quem quer que seja, de qual partido ou ideologia que for, pois se roubou ou cometeu crime, tem que pagar, afinal somos nós as principais vitimas dessa quadrilha que infelizmente ainda rege nossa nação, pois há no Brasil um grande mau incutido nos meandros do poder, o qual é difícil de se extirpar, uma vez que nossa população se deixa facilmente enganar pelo ardil desse bando de "pseudos" políticos, os quais não passam de criminosos a atuar sob a confiança do voto popular.

GBN News - A informação começa aqui

1 comentários:

Foi combinado e executado a prisao do Lula. Com ou sem provas.

Postar um comentário