quinta-feira, 27 de julho de 2017

Chineses monitoram execícios navais entre EUA e Austrália


Chineses enviaram um navio á costa australiana para monitorar exercícios entre forças dos EUA e Austrália. O navio do Tipo 815, navio de vigilância eletrônica da classe Dongdiao, foi avistado navegando nas proximidades de Queensland, onde eram desenvolvidos exercícios entre forças tarefas combinadas dos EUA e Austrália, com participação de alguns meios da Nova Zelândia e Japão.

O exercício "Talisman Saber" deste ano contou com a participação de 33 mil homens e incluiu contingentes menores da Nova Zelândia, Japão e Canadá, com a maior parte da atividade ocorrendo nas proximidades de Queensland.

Dentre as atividades desenvolvidas pela força tarefa, incluíram desembarques anfíbios, lançamento de pára-quedistas, operações terrestres e operações aéreas e marítimas, o exercício contou com uso de recursos sofisticados de guerra eletrônica.

Ao que tudo indica, o navio chinês permaneceu fora das águas territoriais australianas, porém, mantendo atividade de coleta dados e sinais. Informações de grande valor aos militares chineses, que puderam observar a distância o exercício que envolveu o emprego dos modernos caças de guerra eletrônica Boeing E/A-18G Growler e dos UAVs MQ-1C Eagle e RQ-7 Shadow, provável alvo da operação de espionagem chinesa.

O navio chinês também pode ter empregado seu conjunto de inteligência de comunicação para monitorar as comunicações durante os exercícios, além de usar seus radares para obter informação sobre como as Forças aéreas e navais aliadas operam.




A presença do Tipo 815 chinês reforça as informações que dão conta da ampliação das capacidades navais da China, as quais tem aumentando significativamente ao longo dos últimos anos. Na semana passada, o Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte confirmou que outro navio chinês de coleta de inteligência foi avistado pela costa do Alasca, o qual provavelmente foi enviado para monitorar o teste do sistema de Defesa de Área de Alta Altitude, e um teste do sistema de defesa antimíssil que foi realizado ao mesmo tempo.

GBN News - A informação começa aqui
com agências

0 comentários:

Postar um comentário