quinta-feira, 6 de julho de 2017

Franceses testam novo míssil antinavio Sea Venom


A França disparou com sucesso no dia 21 de junho o novo míssil anti-navio "Sea Venom", míssil lançado por helicópteros, disse o ministério da defesa francês. 


A França e a Grã-Bretanha estão desenvolvendo em conjunto o novo míssil ANL  (anti-navire léger) / Sea Venom, um programa bilateral sob o tratado de cooperação de defesa de Lancaster. 



Este foi o primeiro lançamento do "Sea Venom", informou o Ministério das Forças Armadas francesas em uma declaração realizada em 4 de julho. O míssil, que pode operar tanto no modo "lançar e esquecer, como também modo assistido, foi disparado a partir de um helicóptero Panther. 



O míssil irá substituir os britânicos do Sea Skua e o francês AS15TT, e deve ser montado na plataforma do AW159 Wildcat da Royal Navy e no Hélicoptère Interarmées Léger (HIL) da Marinha Francesa, informou o MBDA em comunicado. 



O míssil foi projetado para ser instalado na mais ampla gama de helicópteros, com testes de transporte aéreo realizados em helicópteros Lynx, disse a MBDA. A arma está na classificado entre mísseis de até 100kg e está prevista também para ser disparada em embarcações, o que deve abranger embarcações de ataque rápido e corvetas. O míssil também pode ser usado contra alvos terrestres e costeiros. 



O míssil está sendo desenvolvido e construído no âmbito do programa One Complex Weapon, com base no princípio da interdependência mútua e com o objetivo de reestruturar o setor de mísseis anglo-franceses em torno da MBDA, disse o ministério francês. 



"Quando entrar em serviço, o Sea Venom / ANL proporcionará um aumento importante nas capacidade das forças armadas francesas e britânicas", disse Frank Bastart, chefe do programa Sea Venom / ANL da MBDA, em um comunicado. 


GBN seu canal de informação e notícias
com agências

0 comentários:

Postar um comentário