quarta-feira, 1 de junho de 2016

Rússia lança sexto submarino da Classe Varshavyanka

A Rússia vai construir submarinos diesel-elétricos para Frota do Pacífico, e quinta geração de submarinos convencionais para as Frots do Norte e do Báltico

O sexto submarino da Classe Varshavyanka, diesel-elétrico do Projeto 636,3, destina-se a Frota do Mar Negro, foi lançado nesta terça-feira (31) no Estaleiro Admiralty (Admiralty Wharves) em São Petersburgo.

"É um grande dia para a Marinha, para São Petersburgo, para o país. O lançamento deste submarino é um evento nacional. O Estaleiro Admiralty é de fato o carro-chefe na indústria nacional de construção naval. Os seus navios são entregues no prazo e com a qualidade adequada", discursou o vice-Comandante da Marinha russa vice-almirante Alexander Fedotenkov.

Chefe do Rubin Central Design Bureau de Engenharia Naval, Igor Vilnit, por sua vez desejou a tripulação do submarino sucesso submarino e disse que os designers vão fazer o seu melhor para manter a boa qualidade nos submarinos do Projeto 636,3.

O submarino "Kolpino" será o último de uma série de seis submarinos não nucleares que estão sendo construídos para a Marinha russa.


Submarinos para as frotas do Norte e do Báltico

A quinta geração de submarinos convencionais serão construídos para as frotas do Norte e do Báltico, disse Fedotenkov.

"Os diálogos sobre a construção de uma série de submarinos convencionais de quinta geração estão em andamento ", disse ele.

"Depois de completar a série de submarinos do projeto 636,3 para a Frota do Pacífico, estaremos considerando a construção de submarinos convencionais já de outro projeto para as frotas do Norte e frotas do Báltico. É claro que a conversas focam a quinta geração", disse Fedotenkov.

Falando sobre o de submarinos do Projeto 636,3 , Fedotenkov disse que era necessário "desenvolver esta série."

"Esta série é bem sucedida:. Ele apresenta um sistema de ataque com mísseis e capacidades de pesquisa consideravelmente melhorados, além de medidas contra os sistemas anti-submarino dos navios de guerra. Muitas novidades foram introduzidas nesta série", disse ele.


Submarinos para a frota do Pacífico

O Estaleiro Admiralty Wharves em São Petersburgo, no noroeste da Rússia vai construir uma série de seis submarinos da classe Varshavyanka do Projeto 636,3 de submarinos diesel-elétricos para a frota do Pacífico, disse o CEO Alexander Buzakov nesta terça-feira (31).

"A decisão foi tomada pelo comando e os submarinos serão construídos no estaleiro Admiralty Wharves", disse ele. "Esperamos que toda a série seja construída no nosso estaleiro", acrescentou.

Por sua vez, o presidente do United Shipbuilding Corporation, Alexei Rakhmanov, disse que o Estaleiro Admiralty Wharves seria o principal construtor dos submarinos para a Frota do Pacífico.

'Vamos ver pelos resultados do ano se será possível tomar uma decisão sobre a construção de parte do contrato no Estaleiro Amur ", disse ele.

De acordo com o presidente do United Shipbuilding Corporation, o contrato para a construção de submarinos para a frota do Pacífico será assinado no curto prazo.

Como foi relatado anteriormente, um contrato de defesa para a construção de seis submarinos deste projeto para a Frota do Pacífico pode ser dividida entre o Estaleiro Amur, no Extremo Oriente russo e o Admiralty em St. Petersburg.


Submarinos da Classe Varshavyanka

Os submarinos do Projeto 636,3, também conhecidos como Varshavyanka, foram desenvolvidos pelo Rubin Central Design Bureau.

Há já quatro submarinos deste projeto em operação na Frota do Mar Negro da Marinha russa. O primeiro submarino, o "Novorossiysk", foi entregue à Marinha russa em agosto de 2014. O segundo submarino da série o "Rostov-on-Don" foi entregue em 30 de dezembro de 2014. No final de 2015, lançou os mísseis de cruzeiro Kalibr para destruir as instalações da organização terrorista Estado islâmico  a partir de uma posição no Mar Mediterrâneo.

O terceiro submarino, o "Stary Oskol", tem servido a Marinha russa desde julho de 2015. O submarino "Krasnodar", o quarto da série, foi entregue à Marinha em 5 de Novembro de 2015. O quinto submarino da Classe Varshavyanka, destinado a Frota do Mar Negro, apelidado de "Veliky Novgorod", foi lançado em 18 de março e o quinto e sexto submarinos estão programados para ser entregues a Frota do mar Negro este ano.

Os Submarinos do Projeto 636 são projetados para a guerra anti-submarina (ASW), guerra anti-superfície (ASuW) e também para reconhecimento e patrulha. O submarino do Projeto 636 é considerado um dos mais silenciosos submarinos diesel do mundo. Diz-se ser capaz de detectar um submarino inimigo a uma gama de três ou quatro vezes maior do que pode ser detectado.

GBN seu canal de informações e notícias
com agências de notícias

0 comentários:

Postar um comentário