sexta-feira, 6 de outubro de 2017

F-15E para substituir Tornados alemães?

A Alemanha pretende substituir sua frota de aeronaves Tornado em meados de 2025. Diante deste fato, os alemães estão avaliando possíveis substitutos para os seus "Tornados" enquanto não há uma previsão para o futuro caça de projeto franco-alemão.
segundo uma avaliação  da divisão de planejamento do Ministério da Defesa da Alemanha, chegaram a conclusão que tanto os caças F-15E, quanto o F/A-18 E/F da Boeing, tem sido apontados como potenciais substitutos para seus Tornados.

Apesar do interesse dos EUA que a Alemanha se junte aos operadores do seus JSF F-35, os europeus já descartaram essa opção, tendo recentemente anunciado planos para desenvolver uma nova aeronave de combate em parcerias com os franceses.

O resultado desta joint venture franco-alemã não estaria operacional antes do fim da vida útil dos Tornados, os quais estão em operação na Alemanha desde a década de 80, o que leva a Alemanha a optar pela compra de prateleira de uma aeronave tampão, a qual deverá assegurar as capacidades da Força Aérea Alemã enquanto o novo caça não estiver apto a assumir as linhas de voo.

A Alemanha ainda estaria considerando uma outra saída para questão, com fontes dando conta de que a mesma optaria pela aquisição de um novo caça para assumir o lugar dos Tornados, enquanto o programa franco-alemão daria luz ao substituto de sua frota de Typhoons futuramente.

Ainda não foi revelado o número de aeronaves que seriam adquiridas no âmbito do programa de substituição do Tornado na força aérea alemã, mas tudo indica que será um contrato bilionário, o qual tem toda indicação de ser fechado com a Boeing, porém, como acompanhamos durante anos o mercado, essa posição pode se voltar a outra opção, lembrando que há no mercado várias opções que atenderiam perfeitamente aos requisitos alemães. Dentre as opções da Boeing, o F/A-18 E/F leva vantagem pelo seu custo benefício, tendo menor custo pela hora de voo que o F-15E.

GBN News - A informação começa aqui
com agências

0 comentários:

Postar um comentário