sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Turquia realiza pagamento adiantado por S-400

Moscou confirmou que recebeu um adiantamento da Turquia para a compra do sistema antiaéreo S-400. O acordo muito discutido pode assinalar laços mais estreitos entre os dois países, bem como uma fenda crescente entre a Turquia e seus aliados da OTAN.

Apesar de ainda não ter uma data para entrega dos sistemas, o governo de Ancara espera receber os mesmos antes de 2019, um prazo bastante apertado, levando em consideração as estimativas iniciais para entrega dos mesmos dentro de dois anos.

O Governo de Erdogan espera contar o quanto antes com o novo sistema de defesa aérea, tendo sido claro os sinais de desgastes entre a Turquia e seus aliados da OTAN, principalmente após a tentativa de golpe militar, o qual foi frustrado pelo governo e teve como principal suspeito o clérigo refugiado nos EUA, "aliado" que se recusa a extraditar o opositor do governo de Erdogan.

Desde os primeiros rumores sobre o interesse turco no sistema russo, houve uma avalanche de críticas da OTAN, a qual alega que os turcos deveriam ter optado por um dos sistemas padrões da aliança, como o Patriot PAC-3, o qual foi rejeitado por Ancara. Segundo as  alegações da aliança, o sistema russo não possui capacidade de operar em conjunto com sistemas da OTAN, algo que seria um "problema", porém, Erdogan deixou claro em sua resposta, onde disse que a Turquia não irá ficar dependendo da OTAN para se defender, a qual busca e sempre irá manter sua independência com relação á sua capacidade de defesa.

A posição turca é uma grande mudança, tendo em vista os atritos e a quase ruptura de relações entre o país e a Rússia, após o episódio em que uma aeronave russa foi abatida por um caça turco na fronteiro síria. Mas as coisas tem mudado rapidamente no cenário geopolítico, onde a outrora aliada da OTAN tem se voltado para a Rússia.

GBN News - A informação começa aqui
com agências

0 comentários:

Postar um comentário