sábado, 16 de setembro de 2017

Mais de mil militantes mudam de lado e se juntam as forças do governo sírio


Sete comandantes de campo e mais de mil militantes sob seu comando trocaram de lado para se juntar às tropas sírias, disse o centro russo para a reconciliação de lados opostos na Síria em um relatório divulgado na quinta-feira (14).

"Foi alcançado um acordo onde sete comandantes de campo de grupos armados rebeldes e mais de mil militantes sob seu comando mudaram de lado para se juntar às tropas do governo da Síria", disse o relatório.

Além disso, o centro de reconciliação disse que o comitê de reconciliação nacional na província de Homs concordou com o prefeito do assentamento de Al Qaryatayn na reconstrução de uma clínica na cidade.

Além disso, realizou-se uma reunião com um representante do Bureau de Segurança Nacional, "para discutir questões urgentes que estão atrasando movimentos concretos no impulso do processo de reconciliação dos lados em conflito", disse o centro.

O Centro de Reconciliação da Rússia na Síria também salvaguardou o trabalho de representantes de meios de comunicação russos e estrangeiros durante uma operação humanitária no assentamento de Deir-Baalba.

O Ministério da Defesa russo declarou o estabelecimento do centro de reconciliação em 23 de fevereiro de 2016. Está sediada na base aérea de Hmeimim, na província de Latakia.



GBN News - A informação começa aqui
com agências

1 comentários:

Com a presenca da Russia os agressores Ocidentais vao Se retirando para que a Paz chega nessa regiao.

Postar um comentário