segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Quando Stalin criou o maior avião do mundo - Tupolev ANT-20

A União Soviética não estava exatamente bem das pernas em 1933. A fome, causada pela coletivização forçada da agricultura, devastava a Ucrânia, o que resultaria na morte de mais de 8 milhões de pessoas. Foi nesse contexto que o líder supremo, Josef Stalin, decidiu investir num projeto caro e provavelmente inútil: o maior avião do mundo. Talvez justamente para desviar a atenção do mundo das notícias ruins.

O ANT-20 Maxim Gorky não levava carga nem ligava uma parte à outra do país. Servia a um único propósito: propaganda! Exibindo seu incrível tamanho nos céus de Moscou e estampando cartazes, selos e até um quadro do pintor Vasily Kuptsov, que ainda é exibido no Museu Russo de São Petersburgo. Seus passageiros eram turistas, incluindo dignitários estrangeiros a quem Stalin queria impressionar. No penúltimo dia de sua vida, o avião levou ninguém menos que Antoine de Saint-Exupéry, o criador de "O Pequeno Príncipe", o único piloto estrangeiro que voou nele.

No dia 18 de maio de 1935, durante uma demonstração, o caça I-5 do piloto Nikolai Blagin tentou dar três loops em torno do gigante. Errou, e a colisão levou o ANT-20 ao solo, com seus 45 passageiros, incluindo tripulação, caindo numa área residencial de Moscou (o número de vítimas em solo é desconhecido). Blagin foi culpado pela propaganda soviética e até virou verbo: “blaginizar” que queria dizer fazer loucuras, desrespeitando as autoridades. Acredita-se hoje que as manobras estavam previstas na exibição.

Stalin encomendou um substituto, o ANT-20 Bis, que voou em 1938. Ele também teria um final infeliz: Quando em dezembro de 1942, já durante a Segunda Guerra mundial, o piloto automático falhou, acabando com outras 36 vidas.
Ficha técnica

  • Tripulação: oito
  • Capacidade: 72 Passageiros
  • Comprimento: 32.90 m
  • Envergadura : 63,00 m
  • Altura: 10,6 m
  • Área da ala: 488 m²
  • Peso vazio : 28,500 kg
  • Peso carregado: 42,000 kg
  • Max. Peso de decolagem : 53,000 kg 
  • Motores : 8 × Mikulin AM-34 FRN V-12 refrigerado a água com 900 cv cada 
  • Velocidade máxima : 220 km/h ao nível do mar
  • Autonomia : 1.200 km
  • Teto de serviço : 4.500 m


Fonte: Aventuras da Historia 

0 comentários:

Postar um comentário