sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Iraque cria zona de exclusão aérea no norte do país sobre o Curdistão iraquiano

A partir de hoje (29), o governo iraquiano fechou o espaço aéreo na região norte do Curdistão para vôos internacionais.
De acordo com a declaração divulgada pelo governo iraquiano, a zona de exclusão aérea está em vigor em uma área oficialmente controlada pelo governo regional do Curdistão, incluindo Sulaymaniyah, Erbil e Dohuk.
A Força Aérea iraquiana tem o direito de derrubar qualquer aeronave que esteja voando sobre esta região sem permissão.
O Iraque ameaçou implementar uma zona de exclusão aérea no espaço aéreo do Curdistão iraquiano após o referendo de independência, que ocorreu no dia 25 de setembro.
Bagdá considera o referendo inconstitucional e já emitiu uma ordem de entrega do controle sobre os aeroportos de Erbil e Sulaymaniyah para Bagdá.

GBN News - A informação começa aqui
com agências

0 comentários:

Postar um comentário