segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Morte de general russo na Síria é resultado da hipocrisia dos EUA segundo Moscou

A morte do tenente-geral russo Valery Asapov na Síria é o preço que a Rússia foi obrigada a pagar pela política hipócrita dos EUA, de acordo com o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Ryabkov.
"A morte do comandante russo é o preço pago com sangue pela hipocrisia da política americana na Síria ", disse Ryabkov nesta segunda-feira (25).
O general Asapov estava servindo como um dos conselheiros militares russos na Síria. No domingo (24), o Ministério da Defesa russo disse ter sido ferido de forma fatal por uma explosão durante um ataque de morteiros lançados por terroristas do EI.
Moscou está preocupado que enquanto Washington afirma que está interessado em combater terroristas islâmicos do EI, demonstra o contrário, de acordo com o vice-ministro.
O vice-ministro disse que Moscou quer que as declarações de Washington sobre a luta contra o terrorismo não estejam em desacordo com suas ações no terreno.
Enquanto isso, os militares russos e norte-americanos mantêm contatos "intensivos" em diferentes níveis, disse Ryabkov.
No domingo (24), o Ministério da Defesa russo publicou imagens aéreas que, segundo ele, mostram equipamentos das forças especiais do Exército dos Estados Unidos, localizados no norte da cidade síria de Deir ez-Zor, onde os militantes do EI estão posicionados.
As tropas dos EUA não enfrentam nenhuma "resistência dos militantes do EI", enquanto suas forças não realizam patrulhas de combate, o que pode indicar que "se sentem absolutamente seguros" na área, disse o ministério.
No entanto, o Comando Central dos EUA negou as acusações em uma declaração escrita à mídia.
"As alegações são falsas. Para a segurança operacional, não comentamos as operações em andamento ou as atuais posições do pessoal da Coalizão e nossas forças aliadas"afirmou o comunicado da Força-Tarefa Conjunta - "Inherente Resolve".
A morte do oficial russo pode mudar a atuação russa no conflito sírio, mudando a resposta russa para algo mais enérgico.

GBN News - A informação começa aqui
com agências

1 comentários:

OU A RUSSIA RESPONDE A ALTURA OU VAI FICAR CLARO A COVARDIA DO SR PUTIN FRENTE AOS AMERICANOS.

Postar um comentário