quarta-feira, 21 de setembro de 2016

UNIFIL tem Fragata "Liberal" como novo Navio-capitânia

O 12° Contingente da Força-Tarefa Marítima, da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-Unifil), recebeu na última quinta-feira (15) a Fragata "Liberal" como seu novo navio-capitânia. A cerimônia de passagem de função entre os navios ocorreu no porto de Beirute a bordo da Fragata “Independência”, navio substituído, e foi presidida, pela primeira vez, pelo Deputy Force Commander da Unifil, general Sandeep Bajaj, do exército da Índia.
O almirante Claudio Henrique Mello de Almeida, atual comandante da FTM-Unifil recebe autoridades na chegada da Fragata Liberal.
O almirante Claudio Henrique Mello de Almeida, atual comandante da FTM-Unifil recebe autoridades na chegada da Fragata Liberal.
A FTM-Unifil, ativada desde 2006, possui o Brasil como líder desde 2011. A missão ocorre por meio do mandato da Organização das Nações Unidas (ONU). Atualmente ela conta com cinco países, além do Brasil, que contribuem com navios, como a Alemanha, Bangladesh, Grécia, Indonésia e Turquia.

A Marinha do Brasil mantém uma fragata na costa libanesa com o objetivo de impedir a entrada de armas ilegais e contrabandos no país árabe, bem como contribui para o adestramento da Marinha do Líbano. As substituições de Navios-capitânia e Estados-Maiores ocorrem a cada seis meses. O atual comandante da FTM-Unifil é o almirante Claudio Henrique Mello de Almeida e quem assume o comando da nau-capitânia Liberal, que lidera esta missão por seis meses, é o comandante Ricardo Silveira Mello.

Comandante Ricardo Mello assume comando da Fragata Liberal.
Comandante Ricardo Mello assume comando da Fragata Liberal.
A Nau-capitânia

A Fragata "Liberal" é uma das seis fragatas da classe Niterói da Marinha do Brasil e, no Líbano, irá operar com cerca de 300 tripulantes. Desse total, o comandante do navio irá contar com um grupo de mergulhadores de combate e militares do Corpo de Fuzileiros Navais, além de um destacamento aéreo embarcado e uma aeronave AH-11ª - Super Lynx.



A solenidade de transferência contou com as presenças do embaixador do Brasil no Líbano, Jorge Kadri; do chefe de Gabinete do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, almirante Joése de Andrade Bandeira Leandro; e do comandante da Marinha do Líbano, almirante Majed Alwan, além de autoridades locais e representantes dos países componentes da Missão.

Na ocasião, o embaixador Jorge Kadri foi condecorado pelo almirante Leandro, com a Ordem do Mérito da Defesa, no grau de Grande-Oficial.

A Fragata "Independência", navio-capitânia substituído, já retornou para o Brasil com previsão de chegada, na Base Naval do Rio de Janeiro, para outubro deste ano.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social (Ascom) Ministério da Defesa

0 comentários:

Postar um comentário