segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Embraer desmente rumores sobre venda da divisão de defesa

Após o alarde causado pela notícia veiculada na coluna do jornalista Lauro Jardim do jornal O Globo, noticiou a intenção da Embraer em vender sua divisão de defesa, alegando os prejuízos causados pelos calotes sofridos nos contratos com o governo brasileiro, porém, a notícia foi desmentida pela comunicação empresa brasileira, “A Embraer nega a especulação sobre a venda de sua área de Defesa & Segurança”, declarou.

A Embraer Defesa & Segurança é a responsável por importantes programas militares brasileiros e de grande sucesso no exterior, como é mo caso do seu bem sucedido A-29 Super Tucano, que inclusive foi selecionado pelos EUA para atender ao seu programa de auxílio as forças do Afeganistão. A empresa também esta desenvolvendo o que já é a maior aeronave projetada no país, com o revolucionário KC-390, programa que desenvolve uma aeronave de transporte e reabastecimento aéreo que visa atender não só as necessidades da Força Aérea Brasileira, mas encontra um vasto mercado receptivo á sua proposta, já possuindo diversos clientes e prováveis clientes. 

A divisão de defesa da Embraer ainda esta envolvida em importantes programas de modernização da frota de aeronaves da FAB e da Marinha do Brasil, tendo realizado a modernização de caças F-5, A-1 AMX e AF-1 Skyhawk (A-4KU).

É fato que os sucessivos cortes no orçamento de defesa tem atingido significativamente a empresa, uma vez que os recursos destinados aos programas de desenvolvimento e modernização de meios das forças brasileiras tem sofrido contingenciamento, afetando as finanças da empresa que é uma das principais parceiras nos programas de reaparelhamento e modernização das capacidades aéreas brasileiras.

É de preocupante irresponsabilidade de um meio de comunicação como o grupo Globo publicar um artigo como este, o que pode afetar o desempenho da empresa brasileira na bolsa de valores e causar um certo ar de desconfiança e insegurança no mercado, algo que é dispensável no momento de crise ao qual nosso país atravessa.

Esperamos que haja mais responsabilidade por parte de nossos amigos jornalistas ao publicar determinados tipos de matérias, buscando acima de tudo embasamento e profissionalismo, pois a nossa missão é informar e não o contrário, muito menos servir de meio de manobra para mercados e grupos de investimento e especulação.


GBN seu canal de informações e notícias

0 comentários:

Postar um comentário