terça-feira, 20 de setembro de 2016

Egito recebe seu segundo LHD e amplia seu poder de projeção de força

No último dia 16 de setembro, a marinha do Egito recebeu o segundo LHD da classe Mistral, o ENS Anwar el Sadat (L 1020), foi entregue à Marinha egípcia no porto francês de Saint-Nazaire.

O  ENS Anwar el Sadat deverá se juntar em breve ao ENS Gamal Abdel Nasser, que foi entregue em 2 de junho, e agora esta baseado em Alexandria.

Os dois LHDs foram originalmente construídos para atender ao contrato com a Rússia, porém, o governo francês descumpriu o contrato e se recusou a entregar os meios á marinha russa, sendo resultado provavelmente das sanções contra o país após o referendo popular no qual a região da Crimeia, outrora pertencente a Ucrânia, voltou a ser parte do território da Rússia, sendo resultado de movimentos separatistas que tomaram a Ucrânia, levando ao conflito em diversas regiões do país após medidas tomadas pelo governo ucraniano, onde a nova política daquele país se aproximou da OTAN afastando-se da Rússia.

A DCNS irá acompanhar a travessia até o destino do ENS Anwar el Sadat no Egito nos próximos dias, ressaltando que o LHD já esta sendo operado por um contingente de 180 homens da marinha egípcia que passaram por um intenso programa de treinamento que teve início em junho.

Em sua viagem rumo a sua nova casa o LHD vai participar de um exercício conjunto com a marinha francesa.

Com a aquisição destes dois navios, a marinha egípcia ganha considerável capacidade de projeção de força, sendo um ponto de importante consideração no cenário geopolítico da conturbada região. 

No Brasil seria de grande valia a aquisição de meios deste tipo, tendo em vista a grande extensão de nosso mar territorial e as necessidades da nossa marinha para cumprir não apenas com a defesa de nosso território, como também com o compromisso de cumprir com as missões de paz conduzidas e apoiadas pelas forças brasileiras.

GBN seu canal de informações e notícias

0 comentários:

Postar um comentário