quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Rússia está desenvolvendo novo sistema de artilharia antiaérea

A Rússia está desenvolvendo um novo sistema de artilharia antiaérea com uma arma de 57 milímetros, disse o comandante das tropas de Defesa da Rússia, o Tenente-General Alexander Leonov.


"Um sistema de artilharia antiaérea com uma arma 57 milímetros está em desenvolvimento para substituir nossos complexos Tunguska e Shilka", disse Leonov em uma transmissão ao vivo d do canal televisivo Rossiya-24.

O Shilka é um sistema de fabricação soviética antiaérea automotora armado com arma de 23 milímetros quadruple projetado para fornecer cobertura para as forças terrestres, destruir alvos aéreos em intervalos de até 2.500 metros e altitudes de até 1.500 metros que voam a uma velocidade de 450 metros por segundo. 

O sistema de mísseis e armas Tunguska é projetado para detectar, identificar, rastrear e destruir vários tipos de alvos aéreos (helicópteros, aviões táticos da aviação, mísseis de cruzeiro e drones) e também para destruir alvos de superfície e subterrâneas.


Fonte: Sputnik News 

0 comentários:

Postar um comentário