sábado, 19 de dezembro de 2015

Conselho de Segurança da ONU aprova resolução para processo de paz na Síria

O Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas) aprovou nesta sexta-feira (18) por unanimidade uma resolução endossando um roteiro internacional para um processo de paz na Síria, em uma rara demonstração de unidade entre as grandes potências sobre um conflito que já matou mais de 250 mil pessoas. Esta é a primeira vez que há a aprovação de uma resolução do tipo desde que começou o conflito no país do Oriente Médio, em 2011.
No entanto, o rascunho do acordo de paz não menciona o futuro do ditador Bashar Al Assad, principal ponto de controvérsia entre EUA e Rússia. O texto prevê a convocação urgente de negociações entre o governo sírio e a oposição já no "começo de janeiro", e estabelece um prazo de seis meses para que as partes estabeleçam um governo de transição e de 18 meses para a realização de novas eleições, sem mencionar se Assad poderá concorrer.
Um possível obstáculo à implementação de um acordo será determinar qual dos grupos rebeldes poderá participar nas conversações programadas para começar no próximo mês, e se eles concordarão em vir para a mesa de negociação sem uma garantia da saída de Assad. A Jordânia foi designada para fazer um entendimento comum de quais rebeldes poderão participar.
As duas últimas rodadas de negociações, realizada em Viena em outubro e novembro, produziram um mapa do caminho diplomático para a Síria: um cessar-fogo em janeiro; negociações entre o governo e os partidos de oposição sírios, mediadas pelas Nações Unidas; e eleições em 18 meses. Ao que parece, tudo foi contemplado na resolução votada nesta quinta-feira. 
Fonte: Deutsche Welle

0 comentários:

Postar um comentário