sábado, 19 de dezembro de 2015

Alemanha diz que ainda há obstáculos na Síria após ONU apoiar processo de paz

O ministro das Relações Exteriores alemão, Frank-Walter Steinmeier, disse neste sábado que ainda há dificuldades à frente para a Síria, apesar de o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas ter aprovado uma resolução endossando um roteiro internacional para que se alcance a paz naquele país.
Em entrevista coletiva conjunta com o chanceler chinês, Wang Yi, em Berlim, após ter retornado do encontro na ONU, Steinmeier disse: "Nenhum de nós subestima as dificuldades e obstáculos que ainda precisam ser superados para desarmar a guerra civil na Síria."
Ele não entrou em detalhes, mas os obstáculos para encerrar a guerra civil de quase cinco anos, na qual nenhum lado se mostra capaz de assegurar uma clara vitória militar, incluem a amarga divisão entre as principais potências internacionais sobre quem deve representar a oposição nas negociações, assim como sobre o futuro do presidente sírio, Bashar al-Assad.

A resolução, que Wang disse ter sido "muito equilibrada", dá o aval da ONU a um plano negociado em Viena, que convoca um cessar-fogo, negociações de paz entre o governo sírio e a oposição e um prazo de dois anos para criar um governo de unidade, com a realização de eleições.

Fonte: Reuters

0 comentários:

Postar um comentário