quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Foguete russo assusta observadores dos EUA

A luz brilhante que se movia pelo céu e chamou atenção nos estados americanos de Califórnia e Nevada, na noite de terça-feira, não era um meteoro, como muitos pensavam, mas detritos de um foguete russo.

O feixe de luz durou por cerca de dez minutos, levando muitos a comentarem sobre o objeto estranho nas redes sociais. Observadores disseram que parecia uma bola de fogo com detritos caindo ao longo do caminho enquanto o objeto voava pelo céu por volta das 18h (horário da Califórnia).

Os detritos também foram descritos como um cometa com uma longa cauda. Houve quem insistisse em dizer que era um OVNI.

Relatos da observações do foguete vieram de Santa Barbara, Ventura, Corona, Irvine e Las Vegas. Segundo a TV americana CBS, o objeto entrou na atmosfera sobre o estado americano do Arizona, quando queimou de vez.

A NASA recebeu tantas ligações sobre a misteriosa bola de fogo que o Comando de Defesa Aeroespacial e o Laboratório de Propulsão a Jato decidiram investigar.

Mais tarde, na noite de terça-feira, o Comando Estratégico do Departamento de Defesa dos EUA anunciou ter identificado que o objeto era um foguete russo SL-4. O foguete era um Soyuz russo que foi lançado na última segunda-feira, levando a nave espacial Progress para a Estação Espacial Internacional.

"O Comando Conjunto Funcional para Espaço (JFCC Space) do Comando Estratégico dos EUA, por meio do Centro de Operações Espaciais Conjunto (JSpOC), removeu o corpo de um foguete russo SL-4 do catálogo de satélites dos EUA como objeto decadente após este reentrar na atmosfera hoje sobre a América do Norte (…). Questões adicionais sobre a carcaça do foguete deve ser dirigidas às autoridades russas, particularmente à Roscosmos."


Fonte: Sputnik News 

0 comentários:

Postar um comentário