quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

França pede que Rússia entregue à Polônia os destroços do avião de Kaczynski

Uma carta a que a Sputnik teve acesso revela que uma delegação de deputados franceses do partido Os Republicanos, de Nicolás Sarkozy, está tentando fazer com que Moscou entregue a Varsóvia os escombros do avião que transportava o então presidente polonês Lech Kaczynski e que caiu na Rússia em 2010.

A delegação francesa chega a Moscou nesta quinta-feira (17) para uma visita de dois dias. O Ministério das Relações Exteriores russo anunciou ontem que o chanceler Sergei Lavrov se reuniria com os parlamentares estrangeiros.
"O embaixador da Polônia em Paris deu-me a ideia de passar para você o pedido de que a Federação Russa entregue os escombros do avião, que caiu perto de Smolensk em abril de 2010, para a Polônia. Esta medida seria um gesto simbólico e seria lembrada", escreveu Nicolas Dhuicq, membro da comissão legislativa de Defesa da França, na carta a Lavrov.

O avião de passageiros de fabricação russa Tu-154 transportava o então presidente da Polônia Kaczynski, sua esposa e uma série de altos funcionários quando caiu em meio à forte neblina que cercava um aeródromo perto de Smolensk, na Rússia, onde a aeronave tentou pousar em 10 de abril de 2010. Nenhuma das 96 pessoas a bordo do avião sobreviveu.

Em 2011, o Comitê Interestadual de Aviação de Moscou publicou um relatório final sobre os resultados da investigação técnica sobre a catástrofe. O documento concluiu que a decisão da tripulação de não redirecionar o avião para um aeroporto alternativo foi a causa direta do acidente, e também destacou deficiências graves na forma como a tripulação da aeronave havia sido treinada, bem como na forma com que a preparação para o voo foi avaliada.


Fonte: Sputnik News 

0 comentários:

Postar um comentário