sábado, 12 de dezembro de 2015

Explosões perto de hospital em cidade síria deixam mortos neste sábado

Duas explosões em um bairro controlado pelo governo na cidade síria de Homs mataram pelo menos 16 pessoas e deixaram dezenas de feridos neste sábado (12), informou um grupo que monitora a guerra no país.
As detonações aconteceram dias depois de o governo ampliar seu domínio sobre a cidade do oeste sírio graças à implementação de um acordo de cessar-fogo em Waer, última área de Homs ainda nas mãos dos insurgentes. Alguns combatentes e civis abandonaram a área, onde se permitiu a entrada de socorro. Waer está localizada no lado oeste da cidade.
Um carro-bomba explodiu perto de um hospital na vizinhança predominantemente alauita de Al-Zahra, no leste de Homs, afirmou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.
A segunda grande detonação, que a princípio se acreditou ter sido uma bomba, parece ter vindo de um cilindro de gás explosivo e feriu pessoas que foram cuidar das vítimas da primeira explosão na vizinhança densamente povoada, declarou a mídia estatal.
Anteriormente, a emissora de TV estatal havia descrito o ataque como "duas grandes explosões de terroristas". A agência de notícias Sana disse que o carro-bomba continha 150 quilos de explosivos, e publicou uma foto de dois homens retirando uma mulher de destroços em chamas.
Imagens da TV estatal mostraram um cenário caótico, com nuvens de fumaça negra se erguendo sobre escombros metálicos retorcidos. Pessoas percorriam os destroços aos tropeções tentando remover as vítimas do local.

Fonte: Reuters

0 comentários:

Postar um comentário