segunda-feira, 2 de maio de 2016

Whatsapp volta a ser bloqueado no Brasil

A Justiça de Sergipe determinou o bloqueio, durante 72 horas, do acesso ao aplicativo de mensagens Whatsapp a partir das 14h desta segunda-feira (02/05), em todo território nacional.

As cinco operadoras de telefonia que atuam no país – TIM, Oi, Vivo, Claro e Nextel – já foram notificadas e afirmaram que cumprirão a ordem judicial, a fim de evitar uma multa diária de 500 mil reais.

A decisão foi tomada no dia 26 de abril pelo juiz Marcel Montalvão, da Vara Criminal de Lagarto, em Sergipe, atendendo a um pedido de medida cautelar da Polícia Federal.

O bloqueio foi solicitado porque o Facebook, dono do Whatsapp, descumpriu ordens judiciais que exigiam o compartilhamento de informações. Conteúdos de conversas no aplicativo seriam usados como provas em investigações ligadas ao crime organizado e ao tráfico de drogas, que tramitam em segredo de justiça em Lagarto.

A recusa em liberar esses dados já havia levado à prisão do vice-presidente do Facebook na América Latina, Diego Dzodan, em 1º de março – também determinada por Montalvão. O executivo, porém, foi liberado no dia seguinte, após decisão do Tribunal de Justiça de Sergipe.

Em dezembro de 2015, o WhatsApp foi bloqueado no Brasil também por conta de uma investigação criminal. A decisão determinava 48 horas sem acesso ao aplicativo, mas um desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo determinou o fim do bloqueio antes do tempo previsto.

Fonte: Deutsche Welle

0 comentários:

Postar um comentário