terça-feira, 24 de maio de 2016

Restos recuperados da EgyptAir sugerem explosão, diz especialista

Os restos de corpos recuperados até o momento de destroços do avião da EgyptAir sugerem que houve uma explosão a bordo, disseram nesta terça-feira (24) uma fonte egípcia de análise forense e fontes da investigação.

O avião da EgyptAir fazia a rota entre Paris, na França, e a cidade do Cairo, no Egito, quando desapareceu com 66 passageiros a bordo.
A autoridade usou como base da análise o tamanho pequeno dos pedaços de corpos recuperados do local no Mar Mediterrâneo. Investigadores ainda não encontraram quaisquer traços de explosivos que poderiam sugerir que foi causada por uma bomba, disseram as fontes.
"O tamanho dos restos mortais indica para uma explosão, a maior parte é do tamanho da palma de uma mão. Alguns dos destroços começaram a chegar no domingo em cerca de 23 sacolas", disse a autoridade de análise forense.
Mas outra autoridade disse que somente um pequeno número de restos mortais chegaram até o momento e que é cedo para especificar se houve uma explosão a bordo.
Destroços

No sábado, imagens de destroços do avião da EgyptAir que desapareceu na quinta-feira (19) no Mediterrâneo foram publicadas pelo porta-voz do Exército egípcio, Mohamed Samir. As imagens mostram um colete de segurança e o que parecem ser os restos de um assento.

Imagem publicada no Facebook de um porta-voz militar egípcio mostra destroços que podem ser do avião desaparecido nesta semana. (Foto: Reprodução/AFP)





























Fonte: Reuters

0 comentários:

Postar um comentário