sábado, 21 de maio de 2016

Ninguém sabe por que uma nave secreta dos EUA está no espaço há um ano

Já faz um ano que a Força Aérea dos EUA lançou o misterioso X-37B ao espaço, deixando muita gente se perguntando por que ele está lá.
À primeira vista, se parece com uma mini Space Shuttle. Mas essa primeira impressão pode estar errada.
O X-37B faz parte de um programa ultrassecreto do governo americano para desenvolver tecnologias de aeronaves não tripuladas e reutilizáveis e realizar experimentos.
A Força Aérea americana já completou com sucesso três missões do X-37B com o primeiro lançamento em abril de 2010. As três missões e as duas aeronaves X-37B provaram tecnologias de voo, pouso e relançamento reutilizáveis. Mas então por que esse último veículo foi lançado?
O mistério do X-37B pode não estar tanto na estrutura do veículo, mas no que ele carrega, afirma o astrônomo do Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics, Jonathan McDowell.
As longas missões são perfeitas para transportar cargas sensíveis ao espaço para testes, explica.
“Eles estão enchendo a seção de carga útil com vários experimentos. Provavelmente experiências diferentes a cada voo, talvez para consumidores diferentes.”
A Força Aérea falou um pouco sobre algumas das tecnologias testadas no último voo, incluindo orientações avançadas, material de isolamento reutilizável, e sistemas de propulsão avançados. Mas McDowell aposta que o governo também está realizando alguns experimentos secretos.
“Os tipos de coisas que você iria querer com algo como isso...você desenvolve novos sensores de tecnologia como novas câmeras, novos aparelhos de audição, antenas de rádio que reúnem inteligência, e talvez um novo prato de antena que se abre de uma nova maneira. E você quer testar isso várias vezes no espaço e então trazer de volta para a Terra”, aponta.
O X-37B também pode estar testando reviravoltas e relançamentos rápidos.
McDowell aponta que essa é a primeira vez que a Força Aérea não especificou qual dos dois X-37B foi lançado. É possível que tenham enviado o mesmo veículo sete meses após ter pousado em 17 de outubro de 2014, diz.
Então quanto tempo essa missão mais recente pode durar? O tempo das últimas três aumentou progressivamente, de 240 dias para 469 dias, e finalmente para 674 dias. Mesmo assim, McDowell prevê um retorno mais cedo do que isso.
“O que espero ver em algum momento...é que veremos essa aeronave pousar e então possivelmente o mesmo veículo voltar ao espaço após um período mais curto de tempo”, completa.

Fonte: IDG Now

0 comentários:

Postar um comentário