terça-feira, 17 de maio de 2016

Crimeia restaura sistemas de alerta precoce antimísseis

De acordo com o jornal Izvestiya, ao Ministério da Defesa da Rússia foram apresentadas duas opções de recuperação dos sistemas perto de Sevastopol.

A primeira é a construção de uma estação a partir do zero com o uso de novas tecnologias, a segunda opção é mais barata e prevê a utilização de uma estação análoga, que não chegou a ser acabada na União Soviética, disse o representante industrial, citado pelo jornal Izvestiya.
A segunda variante é preferível na atual situação econômica do mundo, disse o representante.


O sistema será capaz de detectar mísseis balísticos, de cruzeiro e mísseis hipersônicos lançados das águas do mar Negro e do mar Mediterrâneo. O sistema irá garantir a segurança da Rússia na direção sul e sudoeste.


Em março de 2014 a Crimeia e a cidade de Sevastopol realizaram referendos, no decurso dos quais os seus habitantes se pronunciaram pela saída da Ucrânia e pela reintegração na Rússia. Depois disso ambas as regiões foram admitidas na Federação da Rússia. Vários países ocidentais não reconheceram os resultados destes referendos e impuseram sanções contra Moscou. Além disso, foram impostas sanções especiais contra a Crimeia e Sevastopol: os navios dos países que decretaram sanções foram proibidos de entrar nos portos da península da Crimeia.

Fonte: Sputnik News 

0 comentários:

Postar um comentário