quarta-feira, 29 de abril de 2015

Rei Salman substitui herdeiro ao trono na Arábia Saudita

O rei Salman da Arábia Saudita substituiu hoje o seu herdeiro ao trono, o príncipe Moqren, pelo ministro do Interior, Mohamed bin Nayef, que era até agora o segundo na ordem de sucessão, anunciou o palácio real.

"Decidimos aceitar o seu pedido para deixar as suas funções de príncipe herdeiro", indica o palácio real num comunicado divulgado pela agência noticiosa saudita.

O príncipe Moqren também deixa o cargo de vice-primeiro-ministro.

O decreto precisa que o príncipe Mohammed bin Nayef, de 55 anos, foi designado príncipe herdeiro e vice-primeiro-ministro e que manterá o cargo de ministro do Interior.

O príncipe Moqren, de 69 anos, é o mais novo dos 35 filhos de Abdel Aziz, fundador do reino saudita. Tinha ficado como príncipe herdeiro após a morte do rei Abdullah, a quem sucedeu a 23 de janeiro de 2015 o rei Salman bin Abdel Aziz al-Saud, de 79 anos.

Uma semana depois de ter subido ao trono da primeira potência petrolífera do mundo, o novo rei realizou uma primeira remodelação governamental, demitindo dois filhos do antigo rei Abdullah, seu meio-irmão, morto com 90 anos. Também nomeou Mohammed bin Nayef como futuro príncipe herdeiro, ou seja, segundo na ordem de sucessão após o príncipe Moqren.

Hoje, por decreto real, um dos filhos do rei, o príncipe Mohammed bin Salman, foi nomeado segundo na ordem de sucessão ao trono, mantendo as suas funções de ministro da Defesa.

Trata-se da primeira vez que um príncipe herdeiro é destituído na história do reino.

O afastamento de Moqren deixa Mohammed bin Nayef como o primeiro da segunda geração, os netos de Abdul Aziz, em linha para liderar o reino islâmico ultraconservador.

No âmbito desta nova remodelação o palácio real anunciou igualmente que o atual embaixador da Arábia Saudita nos Estados Unidos, Adel al-Jubeir, é nomeado ministro dos Negócios Estrangeiros em substituição do príncipe Saud al-Faisal.

Saud al-Faisal, de 75 anos e o mais antigo ministro dos Negócios Estrangeiros do mundo, chefiava a diplomacia de Riade desde 1975 e pediu para ser substituído devido a problemas de saúde.

Adel al-Jubeir, de 53 anos, era embaixador da Arábia Saudita em Washington desde 2007.

Fonte: LUSA

0 comentários:

Postar um comentário