segunda-feira, 27 de abril de 2015

Putin e Hollande não conseguem chegar a acordo sobre os Mistrais

Vladimir Putin e François Hollande ainda não resolveram o problema dos porta-helicópteros Mistral, que a Rússia encomendou à França e que esta se recusa a entregar.

O presidente da Rússia Vladimir Putin e seu homólogo francês François Hollande durante o encontro na capital da Arménia (Yerevan) não chegaram a acordo sobre a entrega dos navios Mistral à Rússia, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov:
"Não foram anunciadas datas exatas, mas eu vou reiterar que o tema foi abordado relativamente às palavras do presidente francês antes da coletiva de imprensa em Paris. Ele confirmou a sua posição".

Na semana passada, Hollande disse que Paris poderia reembolsar o dinheiro se o contrato for cancelado.

Peskov também acrescentou que a posição da Rússia se mantém firme e clara: "Nós queremos ou dinheiro ou os navios. Pelo menos os dois lados têm uma posição semelhante sobre isso".

A Rússia e França assinaram, em junho de 2011, um acordo de US$ 1,5 bilhões para a construção de dois navios tipo Mistral. A entrega da primeira embarcação estava prevista para novembro de 2014, mas nunca aconteceu. Paris adiou a entrega, alegando interferência de Moscou na crise ucraniana.

 O lado russo negou várias vezes qualquer envolvimento no conflito interno ucraniano, advertindo que a França terá de pagar uma multa em caso de não cumprimento das suas obrigações no âmbito do contrato.

Fonte: Sputnik News 

0 comentários:

Postar um comentário