quarta-feira, 8 de abril de 2015

Argentina pode comprar caças Gripen fabricados no Brasil


O Ministério da Defesa informou que o ministro Jaques Wagner assinou nesta terça-feira, 7 de abril, em Buenos Aires, declaração conjunta com seu colega argentino, Agustín Rossi, iniciando conversações para a venda de 24 caças Gripen NG à Força Aérea Argentina.
O negócio consta no texto da “Declaração pela Democracia e a Paz”, assinada pelos ministros dos dois países.
Na reunião bilateral com o ministro da Defesa argentino, Jaques Wagner ressaltou a escolha da Argentina como primeiro país a ser visitado desde que assumiu o cargo, pela aliança estratégica dos vizinhos, “considerado fundamental para a integração regional da América do Sul”. Ele também destacou interesse em fortalecer a parceria e a cooperação na área de defesa, informou Agência Brasil.
Além de iniciar as negociações para a compra de 24 caças Gripen, Rossi também demonstrou interesse na aquisição de seis aviões cargueiros KC-390, projeto brasileiro em parceria com a Argentina. A Força Aérea Brasileira (FAB), assinou contrato, no valor de US$ 5,4 bilhões, para aquisição de 36 caças Gripen produzidos pela multinacional sueca SAAB.
As aeronaves serão entregues entre 2019 e 2024, em sua maior parte produzidas no Brasil, em parceria com empresas nacionais, que serão beneficiadas pela transferência de tecnologia já prevista no contrato, além do treinamento de pilotos e engenheiros brasileiros na Suécia.
Fonte: Sputnik News

0 comentários:

Postar um comentário