domingo, 8 de setembro de 2019

Paquistão nega espaço aéreo á avião presidencial indiano

O Paquistão rejeitou o pedido de Nova Délhi de permitir que as aeronaves do Presidente Indiano voassem sobre seu espaço aéreo para a Islândia.
De acordo com o Ministério das Relações Exteriores do Paquistão neste sábado (8), o governo indiano solicitou que as aeronaves do presidente indiano Ram Nath Kovind voassem sobre o espaço aéreo paquistanês para sua visita programada à Islândia.
"O Paquistão rejeitou o pedido indiano devido a seu comportamento e atrocidades na Caxemira ocupada pela Índia, onde trancaram o vale nos últimos 34 dias", disse o ministro das Relações Exteriores do Paquistão à televisão estatal do Paquistão.
Shah Mahmood Qureshi acrescentou que ações unilaterais do governo indiano na Caxemira ocupada colocam em risco a paz e a segurança regionais.
Segundo a mídia indiana, as aeronaves do presidente Kovind partirão para uma visita de Estado à Islândia, Suíça e Eslovênia em 9 de setembro.
Em 27 de agosto, o ministro federal do Paquistão, Fawad Chaudhry, disse que seu país está considerando o fechamento completo do espaço aéreo para a Índia.
"Estamos considerando um fechamento completo do espaço aéreo para a Índia, uma proibição completa do uso das rotas terrestres do Paquistão para o comércio indiano ao Afeganistão também foi sugerida na reunião do gabinete, formalidades legais para essas decisões estão sob consideração ...", disse Chaudhry no Twitter.
A tensão entre os dois vizinhos nucleares do sul da Ásia aumentou nas últimas semanas depois que o governo indiano retirou o status especial de Jammu e Caxemira em 5 de agosto.
Jammu e Caxemira estão sob bloqueio quase completo desde 5 de agosto, depois que a Índia cancelou as disposições especiais, de acordo com vários grupos de direitos, incluindo a Human Rights Watch e a Anistia Internacional.
De 1954 a 5 de agosto de 2019, Jammu e Caxemira tinham disposições especiais sob as quais promulgava suas próprias leis. As disposições também protegiam a lei de cidadania da região, que proibia os estrangeiros de se estabelecerem e possuírem terras no território.
A Índia e o Paquistão detêm a Caxemira em partes e a reivindicam na íntegra. A China também controla parte da região contestada, mas foram a Índia e o Paquistão que travaram duas guerras pela Caxemira.

GBN Defense News - A informação começa aqui
Com Agência Anadolu
Share this article :

0 comentários:

Postar um comentário

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger