quarta-feira, 4 de setembro de 2019

KC-390 - Embraer entrega primeira aeronave operacional à FAB


Após dez anos do lançamento oficial do programa de desenvolvimento para a aeronave de transporte multimissão que substituiria os vetustos C-130 "Hércules" na Força Aérea Brasileira, a Embraer entregou hoje o primeiro exemplar do KC-390 em cerimônia realizada na Base Aérea de Anápolis, em Goiás, dando início aos preparativos para a entrada da aeronave em serviço na FAB, onde será operada pelo Primeiro Grupo de Transporte de Tropa (1° GTT). 

A aeronave que ganhou os céus pela primeira vez em 3 de fevereiro de 2015, se tornando a maior aeronave já projetada e construída no Brasil, conferindo á Embraer um importante marco em sua história. 

O projeto desenvolvido em conjunto pela FAB e a Embraer, veio com a missão de estabelecer novos padrões de eficiência e produtividade na sua categoria, apresentando ao mesmo tempo o menor custo do ciclo de vida do mercado. O programa representa um avanço significativo em termos de tecnologia e inovação para a indústria aeronáutica brasileira e um salto operacional para a aviação de transporte da FAB. Em 2014, a FAB assinou pedido firme para 28 aeronaves KC-390 e suporte logístico inicial. As aeronaves são produzidas na fábrica de Gavião Peixoto, em São Paulo. A Embraer também é responsável pelos treinamentos teóricos e práticos junto às equipes da FAB para o início das operações da aeronave.

O KC-390 recebeu o Certificado de Tipo da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) em 2018, quando atingiu a Capacidade Inicial de Operação (Initial Operational Capability – IOC), assegurando, assim, as condições necessárias para o início da operação da aeronave.

                                                                                                                                                                                             Foto Marcelo Camargo/Agência Brasil

A cerimônia de entrega do avião ocorreu na Ala 2 da Base Aérea de Anápolis, em Goiás, e contou com a participação do presidente da República, Jair Bolsonaro, do ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, e de comandantes das Forças Armadas, além de diversas autoridades, incluindo o governador de Goiás, Ronaldo Caiado e parlamentares. A aeronave em questão é o FAB 2853, a quarta unidade do pacote. As duas primeiras são protótipos e a terceira é dedicada à campanha de testes. O contrato envolvendo a fase de projeto e execução saiu por US$ 2 bilhões. O compromisso de compra é de R$ 7,2 bilhões.

“A incorporação do KC-390 na Força Aérea Brasileira é um marco na aviação militar. Sua modernidade trará uma implementação e aperfeiçoamento na doutrina de emprego desse vetor multimissão, contribuindo sobremaneira para o cumprimento da missão de controlar, defender e integrar os 22 milhões de quilômetros quadrados sob nossa responsabilidade”, afirmou o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez.

“A entrada em serviço do KC-390 na FAB representa um marco importante para o programa e certamente aumentará o crescente interesse internacional por essa aeronave, consolidando o caminho para novas vendas”, disse Jackson Schneider, Presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança. “Temos certeza de que o KC-390, além de cumprir com excelência as missões requeridas pela nossa Força Aérea, terá um impacto econômico positivo na criação de empregos e novos investimentos no Brasil, assim como nas exportações de alto valor agregado.”

O ministro da Defesa,  Fernando Azevedo e Silva, discursou na ocasião:
"A entrega do avião, além de representar significativo incremento na capacidade operacional da Força Aérea, representa um potencial para a ampliação da participação brasileira no mercado internacional de defesa, possibilitando inegável contribuição para a economia do país. No mês passado, como já foi anunciado, Portugal formalizou a encomenda de seis aviões KC-390, abrindo as portas da Otan [Organização do Tratado do Atlântico Norte] para essas aeronaves. Além disso, a recente posição do Brasil, como aliado preferencial extra-Otan, amplia mais as possibilidades", afirmou o ministro, que tal feito consolida uma posição importante do Brasil no mercado internacional de defesa.
Foto Marcelo Camargo/Agência Brasil
Com objetivo de maximizar a disponibilidade operacional da frota de aeronaves KC-390 no cumprimento das respectivas missões, a FAB e a unidade de Serviços & Suporte da Embraer assinaram um abrangente contrato de suporte e serviços, com vigência de cinco anos. Pelo acordo, a TechCare, portfólio de soluções da Embraer, ficará responsável pelo suporte logístico e de engenharia, controle de manutenção, reparo de componentes, equipe de apoio para entrada em serviço, fornecimento de materiais e um módulo adicional que inclui análises estruturais, desenvolvimento de boletins de manutenção e pintura de aeronaves, entre outros serviços.
O KC-390, que também foi adquirido recentemente pelo Governo de Portugal, é capaz de realizar diversas missões, incluindo apoio humanitário, evacuação médica, busca e salvamento, combate a incêndios florestais e capacidades superiores de transporte e lançamento de carga e tropas, além de reabastecimento em voo.

Equipado com dois motores turbofan International Aero Engines V2500, aviônicos de última geração, uma rampa traseira e um avançado sistema de movimentação de carga, o KC-390 pode transportar até 26 toneladas a uma velocidade máxima de 470 nós (870 km/h), com capacidade de operar em ambientes austeros, incluindo pistas não pavimentadas ou danificadas. A aeronave pode transportar tropas, paletes, veículos blindados e helicópteros.

O desempenho do KC-390 se beneficia de um moderno sistema de controle fly-by-wire com tecnologia integrada que diminui a carga de trabalho da tripulação e aumenta a segurança de sua operação. Além disso, o KC-390 pode reabastecer outras aeronaves em voo, com a instalação de tanques internos de combustível removíveis. A aeronave também pode ser reabastecida em voo, proporcionando maior flexibilidade para missões mais longas. Um sistema avançado de autodefesa aumenta a capacidade de sobrevivência da aeronave em ambientes hostis.

Hoje sem sombra de dúvidas é um dia para se ter muito orgulho em ser brasileiro, nós do GBN Defense aproveitamos para congratular toda equipe de técnicos e engenheiros que se dedicaram a esse grande feito de nossa indústria aeroespacial.

GBN Defense News - A informação começa aqui
com informações da EDS
Share this article :

0 comentários:

Postar um comentário

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger