quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Kalashnikov assume participação majoritária em fabricante de drones

Grupo Kalashnikov chegou a um acordo sobre a aquisição de um pacote majoritário de ações (51%) do desenvolvedor de veículos aéreos não tripulados (VANTs) ZALA Aero. Segundo corporação estatal Rostec, Rússia poderá responder por até 5% do mercado mundial de drones na próxima década.

“Os principais produtos serão aviões, helicópteros e balões de reconhecimento não tripulados”, disse Aleksêi Krivorutchko, diretor do Grupo Kalashnikov, durante a exposição de armamentos IDEX-2015, em Abu Dhabi.
Entre as funções dos VANTs que serão comercializados pela empresas estão proteger as fronteiras do país, e realizar operações de resgate e reconhecimento. Alguns modelos de drones foram inclusive apresentados no stand da Kalashnikov na feira.
De acordo com uma pesquisa de mercado realizada pela Markets&Markets, o volume do mercado mundial de VANTs em 2014 beirou os US$ 6,7 bilhões e até 2020 irá ultrapassar a marca de US$ 10 bilhões.
Ainda segundo o relatório, 69% do volume atual do mercado de drones é controlado pelos Estados Unidos. Em um futuro próximo, espera-se um crescimento desse mercado nos países asiáticos, sobretudo China e Índia, onde desenvolvimentos militares e comerciais nessa área já estão sendo realizados ativamente.
Embora os VANTs com diversas finalidades já fossem produzidos com sucesso pela URSS no século passado, o potencial acumulado na área foi desperdiçado na década de 1990. Atualmente, a Rússia está recuperando ativamente o tempo perdido.
Pelas previsões da estatal Rostec, se houver financiamento adequado e organização eficiente, o país poderá ocupar uma fatia de 3% a 5% do mercado mundial de VANTs já na próxima década.
Fonte: Gazeta Russa

0 comentários:

Postar um comentário