quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Franceses otimistas sobre venda de Rafales ao Egito

A França está otimista em relação a um contrato para vender caças Dassault Rafale ao Egito, segundo informou a Direção-Geral de Armamento (DGA) em 9 de fevereiro.

"Somos todos sorrisos," Laurent Collet-Billon disse aos jornalistas durante a coletiva de imprensa. "Estamos otimistas, embora ainda há algum trabalho a ser feito."

Embora ele não tenha confirmado os relatos de que o Egito iria encomendar 24 Rafales, Collet-Billon disse que a primeira entrega poderia ser feita em 2018.

Os Rafales que a Dassault está montando para a Força Aérea Francesa em sua fábrica são principalmente aeronaves biplace com armas e equipamentos específicos para dissuasão nuclear, mas a empresa poderia transferir estes caças para o Egito uma vez que estes estão quase concluídos.

Dois dias antes, o ministro da Defesa francês, Jean-Yves Le Drian disse à rádio Europe 1 que as negociações com o Egito foram "estão bastante avançadas".

Eric Trappier,CEO Dassault Aviation, disse em uma entrevista publicada pelo jornal Le Figaro em 7 de fevereiro: "estamos perto de fechar um acordo para a primeira exportação do Rafale", embora ele não tenha citado o nome do país.

Enquanto isso o Almirante Bernard Rogel da Marinha Francesa confirmou aos jornalistas em 9 de fevereiro que o Egito também estava interessado em adquirir uma fragata FREMM.

Ele disse que, a segunds FREMM da França, a Normandie (D561), que está atualmente concluindo seus testes no mar, poderia ser entregue ao Egito no final deste ano, se a transferência não gerar impacto na Marinha Francesa, a longo prazo.

Fonte: GBN com agências de notícias

0 comentários:

Postar um comentário