sábado, 14 de julho de 2018

Quartzo - Inovação no mercado brasileiro de segurança e defesa

Durante a Ridex-2018, uma empresa em especial nos despertou atenção, trata-se da Quartzo, a qual já tivemos contato durante a LAAD Security 2018, porém, devido ao tempo corrido, não pudemos realizar uma visita afim de conhecer melhor essa empresa nacional sediada em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. 

Lá encontramos os CMG (AvN) Carlos A. Cano e CMG (AvN) Campos, ambos sócios da empresa, que nos receberam e apresentaram a Quartzo Engenharia de Defesa. Realizamos uma breve entrevista com Cmte Campos, o que nos deu uma boa visão sobre a empresa e seu foco.

A Quartzo Engenharia e Defesa, é uma empresa que tem por missão trazer aos seus clientes soluções que aprimorem sua capacidade de defesa e resultados, quer seja através do aprimoramento dos processos ou serviços que melhorem seus processos, quer seja pela aquisição de equipamentos.

Campos frisou que a Quartzo mantém uma constante busca pelo que há de mais moderno, criativo e que apresente custo/benefício adequado ao mercado, focando trazer não apenas soluções inovadoras, mas que apresentem valor acessível e sustentável no longo prazo, o que significa um produto longevo e de qualidade aos seus clientes, que apresente capacidade e custo operacional e de manutenção que tornem sua operação viável e segura. 

Conforme nós conferimos, a Quartzo é uma empresa bastante versátil, atuando em variados segmentos no campo de segurança e defesa. Um dos segmentos mais importantes da empresa, tendo sido o foco inicial, são equipamentos optrônicos, trazendo a combinação da ótica com a eletrônica, permitindo ampliar a capacidade de detecção e identificação antecipada de ameaças, representando uma importante vantagem no campo de batalha moderno. A Quartzo oferece em parceria com empresas reconhecidas internacionalmente, sistemas de visão noturna NVG (Night Vision Glass) e disponibilizam uma ampla e completa linha de optrônicos de elevada qualidade, capazes de atender aos mais rigorosos requisitos, como miras holográficas, sensores termais, lunetas e designadores.

Ainda neste segmento, a Quatzo possui uma linha de capacetes especiais para emprego do sistemas de visão noturna, onde a inicialmente atendia ao mercado de aviação, hoje a empresa atende não apenas os aviadores, mas também as tropas terrestres e os combatentes de forças especiais, com diferencial de apresentar produtos desenvolvidos pensando na ergonomia, próprios para o uso destes sistemas, o que dá maior leveza e funcionalidade aos capacetes, conferindo maior mobilidade e conforto ao combatente, tornando o emprego mais eficiente dessa tecnologia.

Como uma empresa que busca apresentar soluções aos desafios que seus clientes enfrentam, a Quartzo também atua no segmento de simuladores operacionais, um campo que vem crescendo muito nos últimos anos e representa grande economia em recursos, apresentando uma solução que concilia baixo custo com treinamento operacional adequado aos diversos operadores. Mas o ponto mais importante do emprego de simuladores segundo Campos, não é apenas reduzir os custos com treinamentos, mas principalmente reduzir o risco associado ao determinados treinamentos, principalmente pelos riscos reais de acidentes ou danos irreparáveis que envolvem a prática real do exercício. A empresa deu inicio as suas atividades neste segmento em 2007, prestando apoio ao emprego de simuladores táticos de operações aéreas, navais e terrestres, dando suporte a Marinha do Brasil na manutenção do simulador de voo de helicópteros Bell 206 "Jet Ranger III". Há oito anos a Quartzo assumiu a manutenção do simulador dos submarinos da Classe Tupi utilizados pela Marinha do Brasil. Desde 2017 a empresa é responsável pela manutenção dos simuladores de voo das aeronaves C-105 Amazonas, A-29 Super Tucano e F-5M da FAB.

Mas embora o foco Inicial fosse direcionado as Forças Armadas, com o aumento da demanda pelas forças auxiliares e de segurança pública, levou a quartzo a redirecionar seu foco para esse novo cliente, onde tem desenvolvido parcerias com diversas empresas e com sucesso vem adentrando esse nicho do mercado, conforme conferimos na exposição externa, onde trouxeram para o evento um exemplar da viatura anti-distúrbios da BAT, a qual já opera com a PMERJ. A viatura apresenta importantes inovações, como o controle de pressão do jato de água, o que possibilita dispersa aglomerações sem colocar em risco os envolvidos. O controle impede que caso o ativista esteja próximo ao jato, esse indivíduo seja ferido, pois a pressão é reduzida automaticamente para não ferir essa pessoa. Outra novidade é a versatilidade de emprego do canhão, onde pode empregar um vasto leque de produtos para dispersão.

Ainda no segmento de produtos não letais, a Quartzo detectou um novo nicho de mercado, que vem a ser as forças municipais de segurança, onde os municípios vem investindo cada vez mais no aparelhamento de suas guardas municipais, o que tem criado um crescente mercado para esse tipo de produtos. Segundo nos relatou o Cmte Campos, a quartzo já esta estabelecendo parcerias afim de atender também a este importante mercado que emerge no Brasil, e recentemente, tendo vencido uma licitação para fornecer placas de proteção balística para lanchas, a empresa se viu estimulada a expandir seu leque de produtos,passando a oferecer coletes balísticos personalizados em parceria com a BCA.

E finalizando o leque de segmentos que a empresa atende, a Quartzo como detentora de grande expertise no segmento de gestão de empresa aérea, seja no transporte aéreo, manutenção de aeronaves, ou seja na administração de aeroportos, aeródromos e aeroclubes, onde cabe aqui ressaltar que todos seus sócios são aviadores experientes, a empresa desde 2017 já prepara empresas que visam atender aos programas de excelência da Petrobras, ou aperfeiçoar seus processos internos, seja em suas operações aéreas, manutenção de aeronaves, ou seja em segurança de voo e na garantia da qualidade, com isso reduzindo não só riscos, otimizando processos, reduzindo custos e otimizando os seus lucros.

"A Quartzo não se limita unicamente ao mercado militar, mas esta vendo com bons olhos o mercado de segurança pública, em especial as forças municipais. A Quartzo enxerga o Brasil como um mercado com grande capacidade, sendo uma economia de futuro onde a mesma tem investido", disse Campos.

A empresa possui em seu planejamento estratégico, planos de curto, médio e longo prazo. Onde busca fortalecer a imagem da empresa no mercado policial e militar, como fornecedor de soluções e equipamentos, continuando o que já tem feito com sucesso, no médio prazo visa adentrar o nicho identificado para produtos não letais voltados ás forças municipais e no longo prazo visa expandir seu alcance para o Mercosul, visando atender não apenas ao mercado nacional, mas aos países vizinhos, entendendo que os mesmo possuem demandas similares as que encontramos aqui no Brasil. 

A empresa é um exemplo de que embora hajam tantos obstáculos diante de nossa indústria de defesa, ainda existem pessoas que acreditam e investem no Brasil, levando ao sucesso de empreendimentos como é o caso da Quartzo, uma grata surpresa para nós que acompanhamos o mercado de segurança e defesa.

Agradecemos aos diretores que nos receberam durante nossa visita e a equipe presente no estande e na exposição externa, que nos apresentaram o portfólio e a história desta empresa brasileira.


GBN News - A informação começa aqui



Share this article :

0 comentários:

Postar um comentário

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger