sexta-feira, 13 de julho de 2018

Projeto PAK-DA irá incorporar tecnologias stealth

O PAK-DA, futuro bombardeiro estratégico da Rússia, terá a tecnologia stealth incorporada em seu projeto, confirmou um oficial de defesa depois de visitar uma fábrica, onde o projeto avançado está sendo implementado.

A aviação russa de longo alcance deverá passar por uma grande reforma nas próximas duas décadas. Os vetustos bombardeiros Tu-95 que foram a espinha dorsal desde a era soviética vão dar lugar a uma aronave subsônico denominada PAK DA, como é conhecido o programa. A Rússia também retomará a produção das aeronaves supersônicas Tu-160M, enquanto trabalha no desenvolvimento da versão avançada da aeronave, conhecida como “M2”. Nesse meio tempo, a frota existente de Tu-22M3 e Tu-160 será atualizada para as versões mais recentes destas aeronaves.

Depois de visitar esta semana as instalações de Kazan, a principal unidade de produção da Tupolev e o centro do programa de modernização, o vice-ministro da Defesa, Aleksey Krivoruchko, disse que o trabalho ocorre conforme o programado.

“Nós verificamos o trabalho no projeto prioritário da fábrica, a produção de novos Tu-160M. Em geral, vai de acordo com o cronograma. Há alguns atrasos em várias tarefas, mas outros vão além do cronograma”, disse o ministro, que foi indicado para o cargo no mês passado.

Ele acrescentou que o primeiro Tu-160M ​​construído após a reabertura da linha de produção deve entrar em serviço em 2021. O bombardeiro "Pyotr Deinekin" foi construído parcialmente a partir de peças armazenadas, como parte da restauração das tecnologias e fez seu primeiro voo em janeiro.

O vice-ministro também mencionou que o trabalho estava progredindo no PAK DA, o futuro bombardeiro estratégico da Rússia, e a maioria dos detalhes sobre o projeto são classificados.

motor NK-32-02 do Tu-160M. PAK DA pode usar um similar
O PAK DA será uma aeronave subsônica de longo alcance com design de asa voadora. Ele usará tecnologia stealth e estará armado com mísseis ar-terra hipersônicos, um dos quais deverá ter alcance de 7.000 km. A aeronave em si pode ter um alcance de 12.500 km e transportar uma carga útil de até 30 toneladas. Espera-se usar motores derivados do NK-32, que foi desenvolvido para o Tu-160.

Embora vários modelos do PAK DA tenham sido construídos na fábrica de Kazan, nenhuma foto foi publicada. A sugestão mais próxima de como pode ser essa nova aeronave, veio do TsAGI, um dos principais laboratórios russos de aerodinâmica, que mostrou um modelo de asa voadora testado em um de seus túneis de vento para o projeto PAK DA. A configuração real do projeto pode ser revelada ainda este ano.

GBN News - A informação começa aqui
com agências
Share this article :

0 comentários:

Postar um comentário

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger