quinta-feira, 14 de julho de 2016

Quinze helicópteros sobrevoam orla do Rio em treino para Olimpíada


Aeronaves da Aviação do Exército que serão empregadas nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 fizeram um treinamento para o reconhecimento de rotas nesta quinta-feira (14) no Rio. Quinze helicópteros sobrevoaram a orla da cidade, chamando a atenção de cariocas e turistas na praias de Ipanema e Leblon.
Segundo as Forças Armadas, os helicópteros sobrevoaram também os bairros Recreio dos Bandeirantes, Barra da Tijuca, Leme, Maracanã, Madureira e o entorno do Estádio Olímpico Nilton Santos, o Engenhão.
Aeronave passa pelo Cristo em treinamento do Exército para Olimpíada (Foto: André Durão/ Globoesporte.com)Aeronave passa pelo Cristo em treinamento do Exército para Olimpíada (Foto: André Durão/ Globoesporte.com)
A atividade é promovida pelo Coordenador Geral de Defesa de Área (CGDA), estrutura formada com integrantes das três Forças Armadas no Rio de Janeiro, criada pelo Ministério da Defesa para organizar e orientar as atividades na área de Defesa no contexto dos Jogos.

Dos 15 helicópteros, seis são do tipo Esquilo, cinco do tipo Pantera e quatro do tipo Cougar. Durante a Olimpíada, serão empregadas 28 aeronaves da Aviação do Exército, prontas para apoiar atividades como o reconhecimento aéreo da cidade e o deslocamento de tropas.

Aeronave sobrevoa Parque Olímpico em teste para evento (Foto: André Durão/ Globoesporte.com)Aeronave sobrevoa Parque Olímpico em teste para evento (Foto: André Durão/ Globoesporte.com)









Controle aéreo na Olimpíada

O esquema de controle e defesa do espaço aéreo do Rio durante a Olimpíada foi apresentado nesta quinta-feira (14) pela Força Aérea Brasileira (FAB). Serão mais de 15 mil militares e 80 aeronaves envolvidos nos Jogos, como aviões de caça e helicópteros.

Antes de uma situação extrema (que seria o disparo), a aeronave de caça da FAB se aproxima para verificar se o piloto da aeronave desconhecida está perdido ou se é realmente um caso suspeito.
Em uma área denominada "branca" estarão proibidos voos de treinamento, instrução e turísticos, entre outras restrições. Entre os dias 3 e 22 de agosto, e 7 a 19 de setembro, haverá a ativação da área "amarela" nos dias de competições esportivas.
Nas áreas "vermelhas" só estarão permitidas aeronaves com autorização expressa do Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (Condabra), incluindo a das Forças Armadas, órgãos de segurança pública, chefes de estado e autoridades públicas, aeronaves-ambulância e aquela utilizadas pelas organizações dos eventos esportivos.

Fonte: G1 Notícias

0 comentários:

Postar um comentário