quarta-feira, 27 de julho de 2016

Kabul precisa de helicópteros de combate de fabricação russa para combater terroristas

O Afeganistão esta interessado em comprar mais helicópteros de fabricação russa, dessa vez o Mi-35 para combater terroristas, disse Hanif Atmar, assessor de segurança do presidente afegão.

"Precisamos de helicópteros de combate e outras armas para repelir os grupos terroristas que atuam no território afegão de forma mais eficiente", disse ele. "Agora temos helicópteros de combate obsoletos e alguns adaptados para a função. Gostaríamos de substituí-los por helicópteros mais modernos como o Mi-35 e organizar o treinamento de pilotos e pessoal técnico para atender a esses helicópteros. Esta é a questão de maior importância e prioridade para nós no momento."

De acordo com Atmar, uma simbiose de grupos terroristas, incluindo o movimento Taliban, militantes que apreciam o apoio do Paquistão e organizações de radicais islâmicos da Ásia Central, a Al Qaeda e Estado Islâmico, estão atuando no território do Afeganistão.

"Nesse sentido, temos um inimigo comum com a Rússia e outros países da região", disse ele. "No entanto, não temos estratégia comum de combater este inimigo. Pensamos que é necessário envolver países da Organização de Cooperação de Xangai (SCO) para a elaboração de tal estratégia, e a Rússia tem um papel especial nesses esforços."

Tocar sobre as perspectivas do Afeganistão para uma adesão de pleno direito da Organização de Cooperação de Xangai, onde atualmente se beneficia de um estatuto de observador, Atmar salientou que Kabul conta com a ajuda de Moscou, como ainda não foi alcançado consenso sobre esse assunto dentro da SCO. Ele disse que seu país está pronto para a associação á SCO e é capaz de cumprir todos os requisitos de documentos de fundação da organização.


GBN seu canal de informação e notícias
com agências de notícias




0 comentários:

Postar um comentário