sexta-feira, 1 de julho de 2016

Israel interessado em obter V-22 Osprey

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu indicou o interesse do seu país de adquirir aeronaves V-22, compra que seria parte de um novo acordo de ajuda militar, que ele disse esperar concluir com Washington.

Falando nesta quinta-feira (30) em um evento do Dia da Independência dos EUA em Israel, Netanyahu saudou os acordos entre EUA-Israel, agradeceu pelo mais novo caça de Israel o  F-35, e deu a entender que pretende adquirir com a ajuda dos EUA aeronaves V-22 Osprey.

"Estou profundamente grato pelo apoio político e militar que a América deu a Israel ao longo dos anos e, na verdade apenas agora. Nós vemos os cadetes da Força Aérea durante a cerimônia de graduação, onde vimos nossos jovens homens e mulheres que voam essas máquinas magníficas. Elas são máquinas americanas ", disse Netanyahu durante as celebrações na residência do embaixador dos Estados Unidos em Israel.

"Nós apreciamos a mais recente máquina, o F-35. Vamos falar sobre as outras aeronaves que queremos. como as de decolagem vertical, que é uma sugestão ", disse ele.

Quanto as prolongadas negociações para um novo acordo de assistência de segurança dos EUA para Israel na próxima década , o premier israelense tinha isto a dizer: "Eu espero que nós venhamos a concluir um memorando de entendimento para o inestimável apoio americano para as defesas de Israel na próxima década."

Netanyahu tem sido criticado por ministros em seu próprio governo e políticos da oposição  por desperdiçar a boa vontade de Washington na assistência a Israel para concluir o acordo sobre o Financiamento Militar Externo (FMF). Entre aqueles instando-o a assinar é o ministro das Finanças Moshe Kahlon e o ministro da Defesa, Avigdor Lieberman.

Em uma reunião com repórteres em Washington no mês passado após conversações com o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Ash Carter, Lieberman disse esperar que o acordo de ajuda seja concluído até novembro.

O novo acordo FMF seguirá um pacote existente de 30 bilhões, fechado em 2007 que expira em 2018.

GBN seu canal de informação e notícias
com agências de notícias

0 comentários:

Postar um comentário