quinta-feira, 11 de junho de 2015

Embraer KC-390 voltará a voar em setembro

A Embraer Defesa e Segurança, divisão de produtos militares da Embraer, deve retomar os voos de testes para certificação com o KC-390 a partir de setembro, segundo aponta o site FlightGlobal. O primeiro protótipo da maior aeronave já projetada no Brasil voou pela primeira e única vez até então em fevereiro deste ano.
Após o primeiro voo, o KC-390 entrou no período de “lay-up”, onde parte dos equipamentos são desmontados e verificados e outros instrumentos e recursos, que mais adiante serão necessários para a homologação, são instalados e checados. Além disso, mais um protótipo de voo está sendo construído e outros dois aparelhos serão fabricados para serem utilizados exclusivamente em testes estáticos e de fadiga estrutural.
Durante esse período de ajustes, a Embraer também está testando a sonda de reabastecimento em voo, configuração que será utilizada pela Força Aérea do Brasil (FAB). Ao todo, para ser certificado, o KC-390 precisa cumprir 2.000 horas de voo, que serão efetuados usando os dois protótipos de voo. “Se fosse o primeiro avião que estivessemos desenvolvendo eu estaria muito preocupado, mas não é o caso”, contou Jackson Schneider ao site.
Até o momento, o único pedido de compra firme pelo KC-390 veio da FAB, que encomendou 28 unidades. Os primeiros exemplares da aeronave na versão final, que servirá em missões de transporte tático e reabastecimento em voo, devem ser entregues a partir de 2017.
Além do Brasil, Argentina, Portugal e Republica Tcheca também estão envolvidos no projeto da Embraer e futuramente devem adquirir o KC-390 para reforçar suas forças armadas.

Fonte: Notimp

0 comentários:

Postar um comentário