quarta-feira, 17 de junho de 2015

Emirados Árabes negociam compra de sistema antitanque russo único no mundo


A Rússia e os Emirados Árabes Unidos estão acertando um contrato para o fornecimento do sistema automotor antitanque russo Khrizantema-S. Segundo o projetista-chefe da empresa que desenvolveu o equipamento, a Kolomna Instrument Manufacturing Design Bureau, Valery Kashin, as negociações continuam.
“Por que o Khrizantema-S atraiu a atenção dos nossos colegas dos Emirados? É o único sistema antitanque do mundo capaz de encontrar alvos sem visibilidade óptica e destruir tanques de qualquer tipo, incluindo modelos avançados com armadura dinâmica”, explica Valery Kashin.

O exclusivo sistema automotor antitanque russo Khrizantema-S foi um dos principais itens da exposição internacional de defesa IDEX-2015 em fevereiro, em Abu Dhabi, e apresentado às autoridades dos Emirados Árabes Unidos durante a parte fechada ao público do evento. “Eles manifestaram interesse no sistema e as negociações estão em andamento”, acrescentou Kashin.

O sistema automotor antitanque Khrizantema-S é instalado no chassis do novo BMP-3, um veículo de combate de infantaria. Esta solução foi tomada pela unificação de vários componentes e conjuntos para reduzir o custo de produção e operação subsequente da máquina e para melhorar a sua capacidade de manobra, sua mobilidade e sua capacidade de superar os obstáculos flutuantes.

O sistema de mísseis pode facilmente passar a uma velocidade de 45 km/h em terrenos acidentados. Em rodovias, tem uma velocidade máxima de 70 km/h. O veículo tem a capacidade de viajar até 600 quilômetros sem reabastecer. O Khrizantema-S pode fazer uma transição incrivelmente rápida de uma marcha para um estado de combate.


Atualmente, o Khrizantema-S é o único sistema antitanque no mundo capaz de detectar e destruir alvos sem visibilidade óptica, seja sob fumaça, neblina ou neve, bem como a qualquer hora do dia, graças ao seu radar e aos canais de laser óptico. A operação simultânea de dois canais permite que os técnicos acompanhem dois alvos e foguetes lançadores automaticamente.

O Khrizantema-S está equipado com um sistema de radar único. O localizador cria uma onda de rádio invisível que é precisa em milímetros. Quando encontra o seu alvo e acontece o lançamento de foguetes, a destruição é inevitável. A orientação da onda de rádio é efetuada sem a intervenção do operador.

Os 15 mísseis que compõem o sistema são de dois tipos: foguetes antitanques com ogivas em forma de carga ou de alto explosivo. O sistema pode destruir ainda estruturas de engenharia; ou alvos aéreos voando em pequena altitude e em baixa velocidade, barcos e navios de carga e forças inimigas (em abrigos e em campo aberto) a uma distância de até 6 km.

De acordo com estimativas do fabricante, uma bateria de três veículos militares Khrizantema-S está equipado para repelir 14 ataques de tanques, destruindo pelo menos 60% deles. A ogiva altamente explosiva incorporada no sistema de mísseis vai ampliar ainda mais a sua eficiência.


Fonte: Sputnik News 

0 comentários:

Postar um comentário