domingo, 20 de novembro de 2016

Helicóptero da PMERJ cai durante operação deixando 4 mortos

No final da tarde do último sábado (19) um helicóptero da Policia Militar que apoiava operações na comunidade Cidade de Deus, sobrevoando a área, acompanhando a movimentação dos criminosos na comunidade para repassar ao comando da operação. Houve intenso tiroteio. A aeronave então tentou sem sucesso realizar um pouso de emergência, porém vindo a cair e vitimando seus quatro tripulantes. Os quatro policias mortos durante a queda da aeronave foram identificados como: Capitão Willian de Freitas Schorcht, 37 anos,que pilotava a aeronave e estava na PMERJ há 13 anos; o Major Rogério Melo Costa, 36 anos, na PMERJ há 17; o Subtenente Camilo Barbosa Carvalho, 39 anos, na PMERJ desde 2001; e o Terceiro Sargento Rogério Felix Rainha, 39 anos, também desde 2001 na corporação. Os corpos deles chegaram ao Instituto Médico Legal, no Centro do Rio, por volta de meia-noite e meia deste domingo (20).

Ainda não foi divulgada a causa do acidente,  a suspeita inicial é de que a aeronave tenha sofrido uma pane durante o voo. No entanto, a possibilidade de que criminosos a tenham abatido a aeronave não foi descartada.  

O secretário de Segurança do Rio de Janeiro, Roberto Sá, afirmou que o helicóptero da PM que caiu na noite deste sábado (19), estava com a manutenção em dia. O secretário explicou ainda que o helicóptero que caiu não era blindado. Ele prestava auxílio aos policias que estavam solo, mapeando o território por onde os agentes poderiam avançar. Roberto Sá disse ainda que, na região, milicianos e traficantes brigam pelo domínio do território.

Após a queda da aeronave a PMERJ iniciou um intensa operação na região resultando em prisões e apreensões.

A queda daa aeronave repercutiu em diversos jornais pelo mundo, onde em muitas mídias informam que a aeronave foi abatida por narcotraficantes.

GBN seu canal de informação e notícias 

0 comentários:

Postar um comentário