segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Força aérea russa realiza voos de observação sobre os EUA

Um grupo de especialistas militares russos realizará um voo de observação sobre os Estados Unidos, enquanto especialistas militares dos EUA realizarão um voo de observação sobre a Rússia, disse no domingo (13) o chefe do Centro de Redução de Riscos Nucleares da Rússia, Sergei Ryzhkov.

"Sob o Tratado Internacional de Céu Aberto, os inspetores russos planejam fazer um voo de observação a bordo de um avião russo Tu-154MLk-1 sobre o território dos EUA", disse ele.

O voo será realizado em um período de 14 de novembro a 19 de novembro a partir da Base da Força Aérea de Travis, na Califórnia. O alcance máximo do voo será de 4.250 quilômetros.

Os militares dos EUA realizarão um voo de observação sobre a Rússia em um período de 14 a 18 de novembro. O voo será realizado a bordo de um avião OC-135b a partir de um aeródromo no Extremo Oriente Khabarovsk, disse, acrescentando especialistas russos estarão a bordo do avião. EUA para monitorar o cumprimento das disposições do tratado. Correspondentemente, especialistas dos EUA estarão a bordo do avião russo.

O Tratado sobre Céu Aberto foi assinado em 1992 e entrou em vigor em 2002. Atualmente tem 34 Estados-Membros. O tratado estabelece um programa de voos de vigilância aérea desarmados sobre todo o território de seus participantes. Os voos de observação são feitos sobre os territórios dos Estados Unidos, Canadá, países europeus, e Rússia. Os principais objetivos do regime de voos do "céu aberto" são desenvolver a transparência, prestar assistência no controle do cumprimento dos acordos de controle de armas existentes ou futuros, alargar as possibilidades de prevenir crises e gerir situações de crise no âmbito da Conferência sobre Segurança e Cooperação na Europa e outros Internacionais relevantes. Posteriormente, é contemplado aplicar o regime de céu aberto a novos campos, como a proteção ambiental.


GBN seu canal de informação e notícias

com agências de notícias

0 comentários:

Postar um comentário