quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Programa de submarinos de Taiwan opta por projeto europeu


Segundo informações que obtivemos, os futuros submarinos de ataque diesel-elétricos construídos por Taiwan, teriam como base um projeto europeu. O país asiático segue o exemplo de outros países daquela região e optam pela construção local de seus meios submarinos.

Segundo conferimos, o Ministério da Defesa de Taiwan, avaliou através de seu programa de submarinos de ataque convencionais (SSK), seis propostas entregues por diversas empresas que dominam essa tecnologia, onde teria recebido duas propostas oriundas de estaleiros europeus, duas norte-americanas, além de uma proposta indiana e uma outra japonesa. Porém, a escolha recaiu sobre uma das propostas europeias, onde teria sido selecionada uma indústria de defesa europeia para fornecer o projeto para construção local do submarino de ataque convencional de Taiwan.
Mas segue o mistério sobre qual seria o projeto escolhido por Taiwan, uma vez que não fora revelado nem ao menos os nomes das empresas que apresentaram as propostas. Especula-se que a Naval Group teria sido a empresa selecionada para fornecer o projeto, porém, cabe ressaltar que há outro hipotético concorrente de peso nessa disputa, onde os alemães da HDW teriam ofertado um projeto baseado nos submarinos Type 214, a variante de exportação do HDW Type-212 equipado com um sistema de propulsão independente do ar (AIP).
As duas empresas europeias travam disputas ferrenhas pelo mercado asiático, onde tem diversos submarinos operados na região, como é o caso da HDW, que possui submarinos operando com as Marinhas da Coréia do Sul e Indonésia, enquanto a Naval Group venceu a disputa para fornecer o projeto de seus Scorpéne à Índia
O programa de submarinos de Taiwan teve início em dezembro de 2014, o qual ao longo de quatro anos teve todas as propostas exaustivamente estudadas, com a escolha devendo ser formalmente anunciada até o final deste ano, com o início dos trabalhos propriamente ditos devendo ocorrer em março de 2019.
Segundo informações, Taiwan contaria com uma equipe formada por engenheiros japoneses, oriundos da Mitsubishi e da Kawasaki Heavy Industries, os quais estariam dando apoio ao governo de Taiwan como consultores técnicos desde o início do programa.
A norte americana Lockheed Martin, realizará o trabalho de integração dos sistemas, e também fornecerá o sistema de gerenciamento de combate dos submarinos. 
O projeto se dará em duas fases, onde na primeira será feito a adaptação do projeto aos requisitos da nova classe de submarinos de ataque de Taiwan, o que está estimado em 65,66 milhões de dólares. A segunda fase envolve a construção dos novos submarinos propriamente ditos, com o objetivo de concluir a construção e já ter o comissionamento dos mesmos em dez anos.  O custo estimado de cada submarino pode chegar a casa de 1 bilhão de dólares. Um programa bastante ambicioso, que objetiva obter o dobro de SSK’s que nosso PROSUB.
A construção do primeiro SSK de Taiwan deve começar em 2020, e segundo o cronograma inicial, o primeiro submarino deverá realizar as provas de mar até 2024, seguido de sua entrega ao setor operativo em 2026.

GBN News - A informação começa aqui
com agências
Share this article :

0 comentários:

Postar um comentário

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger