terça-feira, 4 de setembro de 2018

MQ-25 "Stingray" - O primeiro drone reabastecedor embarcado da US Navy


A Boeing irá desenvolver e fornecer à US Navy o drone reabastecedor MQ-25 “Stingray”. A vitória da Boeing marca uma importante conquista para gigante norte americana, a qual há alguns anos não obteve um grande contrato de defesa da Marinha com a relevância deste.

O MQ-25 “Stingray” será a primeira aeronave não tripulada desenvolvida para cumprir a missão de reabastecedor, o que dará uma grande flexibilidade a aviação embarcada, a qual até o momento depende do emprego de aeronaves F/A 18 “Super Hornet” equipados com PODs de reabastecimento para aumentar a autonomia de seus meios aéreos, sendo relevante assinalar a capacidade stealth que tal drone apresenta, além de ser o primeiro deste tipo de aeronave. O contrato assinado com a Boeing está estimado em cerca de 805 milhões de dólares, o qual será destinado a cobrir o projeto, desenvolvimento, fabricação, teste e a entrega de quatro aeronaves “Stingray” de pré-série. Segundo informações, o programa prevê um investimento total na casa dos 13 bilhões de dólares, visando a aquisição de 72 aeronaves MQ-25, segundo a US Navy.

Segundo o cronograma do programa, espera-se obter a certificação IOC (Capacidade Operacional Inicial em português) em 2024, seis anos após a definição da Boeing como a responsável pelo desenvolvimento e produção do novo vetor da aviação naval norte americana.

A entrada em operação do MQ-25 “Stingray” marcará um momento histórico, onde pela primeira vez ocorrerá a integração de drones a ala aérea da US Navy, com a operação lado a lado de homem e máquina.



GBN News - A informação começa aqui
com agências
Share this article :

0 comentários:

Postar um comentário

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger