sábado, 8 de setembro de 2018

Conheça o FlugWerk FW-190, a réplica fiel do Focke-Wulf FW-190 Würger


A empresa alemã Flug Werk Reproductions fabricou um lote de 20 réplicas fiéis do Focke-Wulf 190, inclusive mantendo a sequência numérica de série da antiga Focke-Wulf. Um ponto interessante nestas réplicas são as opções de motorização disponibilizadas, variando de acordo com a opção do comprador. Observem os entusiastas que o FW-190 em sua configuração básica, no modelo A-8 é oferecido com motor chinês Dongan HS-8, nesta versão está avaliado por baixo em pouco mais de 550 mil euros, ficando mais cara conforme a opção de motor adotada. Por exemplo, se for na variante intermediária com motor radial russo Shvetsov ASh-82FN-4k, não saí por menos de 600mil euros. Você pode se perguntar o porquê dessa diferença, mas se compararmos a performance de ambos os motores, a versão russa oferece maior desempenho, proporcionando mais “emoção” ao voo dessa velha águia alemã. Ainda há quem adote uma motorização contando com motor radial BMW 801F, motores que originalmente equipavam os FW-190.

Agora vejam as diferenças entre os motores:

O motor radial BMW 801F, última versão de motorização integrada ao FW 190, era equipado com turbo-alimentador de velocidade variável denominado “Kommandogerät”, que era uma unidade mecânico-hidráulica que ajustava automaticamente o fluxo de combustível do motor, o passo da hélice, a configuração do turbo-alimentador, a mistura de água/etanol e o tempo de ignição, tudo isso apenas com comando de uma única alavanca de aceleração, simplificando drasticamente o gerenciamento do motor, disponibilizando quatro velocidades em duas etapas. Este sistema era bastante complexo, porém, conferia maior potência. Em seu interior, o motor BMW 801F usava cabeças de cilindro em liga de hidronálio fundidas, pistões reforçados e cilindros cromados, usando diferentes relações de transmissão que sintonizavam o turbo-alimentador para altitudes mais elevadas, embora a razão de subida não tenha sido afetada, já a potência aumentou mais de 100 HP (75 kW) e quando operando no modo "alta potência" usado para subir rapidamente em combate ganhou mais 110 HP (82kW). O sistema de refrigeração do motor conta com sistema de pós-arrefecimento, incluindo o uso de válvulas de escape refrigeradas com sódio, além de "brânquias" de resfriamento na carcaça atrás do motor em lugar dos slots originais, o motor também passou a adotar um sistema de injeção direta de combustível e água, no caso água e metanol, operando com metanol de octanagem C2/C3 100 em vez da octanagem B4 87 de A / B / C / L' e. No final da Segunda Guerra, o FW190 possuía uma potência de 2.400 HP (1.790 kW), a uma altitude de cruzeiro de 9.000 metros (29.527 pés)

O motor radial Shvetsov ASh-82FN-4k é uma cópia do motor alemão BMW 801, feita pelos soviéticos em sua última versão, equipada com uma variante russa do “Kommandogerät” alemão do tempo da guerra, que era um turbo-alimentador de velocidade variável e pós-arrefecimento ao qual foram agregadas tecnologias mais modernas, o que permitia uma altitude de cruzeiro de 11.000 m (36.089 pés) e 4.700 HP (3.507kW), com um sistema de injeção água-metanol semelhante ao alemão, porém, utilizando combustível de maior octanagem, o que lhe dava mais potência.

Já o motor radial Dongan HS-8, é a versão do motor alemão modificada pelos chineses, combinando o corpo principal e o turbo-alimentador de velocidade variável e pós-arrefecimento com uma engrenagem de redução e transmissão da hélice construídos pela Dongan Engine Manufacturing, empresa pertencente ao grupo Aka Harbin Engine Factory, possuindo as mesmas características do motor russo, porém com menor potência, chegando aos 1850 HP (1.380 kW). Estes motores são usados nas réplicas fiéis do Focke-Wulf FW 190 fabricadas pela empresa alemã Flug Werk reproductions, inclusive continuando a numeração de série da antiga Focke-Wulf.

Pelo motivo do motor chinês não conseguir se equiparar ao BMW 801 original, apresentando menor potência que este, alguns clientes da Flug Werk reproductions pedem que a motorização de sua réplica seja feita com o motor radial americano Pratt & Whitney R-2800 Double Wasp, um motor de 18 cilindros em forma de estrela dupla, refrigerados por ar, equipados com turbo-alimentador centrífugo de um estágio e velocidade variável, unificado com o acelerador através de um controle automático AEC, carburador de injeção à pressão Stromberg e utilizando injeção água/gasolina de 130 octanas, o que lhe confere uma potência de 2.800 HP (2.090 kW), apesar de pequeno, esse motor é poderoso. O P&W R-2800 Double Wasp, é fabricado por usinagem direta em bloco de alumínio, aletas de refrigeração mais próximas umas das outras nos cilindros, colocou-se a jaqueta de liga de aço forjada, adotando um novo design de cabeça de cilindro. O Double Wasp é provavelmente um dos designers mais difíceis de alcançar um fluxo de ar eficiente em torno dele, devido a isso utiliza ventiladores para forçar o resfriamento.

Com certeza deve ser uma experiência única poder voar um dos mais temidos caças que lutaram nos céus da Europa na Segunda Guerra Mundial, uma exclusividade para poucos. Uma oportunidade única de voar um dos maiores clássicos da história da aviação mundial.





Confira um pouco sobre o destino das réplicas produzidas pela Flug Werk:

WkNr.990.000 modelo A-8 com motor alemão BMW 801F, está no Aviation Museum em Hannover-Laatzen na Alemanha em exposição estática.

FW-190 ZK-RFR C/N WkNr.990.001 danificado 
WkNr.990.001 modelo A-8 com motor chinês Dongan HS-8, está na Collection Blenheim em Marlborough na Nova Zelândia, porém foi muito danificado em um acidente em 2015 pós um loop e está sendo recuperado.

WkNr.990002 modelo A-8 com motor chinês Dongan HS-8, está na Erickson Aircraft Collection em Madras, Oregon, Estados Unidos.

WkNr.990003 modelo D-9 com um motor americano in line V da Allison V-1710, está no Military Aviation Museum em Virginia Beach, Virginia, Estados Unidos.

WkNr.990004 modelo A-8 com motor radial Shvetsov ASh-82FN-4k, está na coleção da Raptor Aviation em Brighton, Victoria, Austrália, depois de sofrer acidente que danificou o cone da hélice.

WkNr.990005 modelo A-8 com motor radial Shvetsov ASh-82FN-4k, está no Military Aviation Museum em Virginia Beach, Virginia, Estados Unidos, após sofrer acidente em 2010 após loop e ser recuperado.

WkNr.990006 modelo D-9 com motor alemão BMW 801F, pertence a coleção particular de Eric Vormezeele de Brasschaat, Antuérpia, Bélgica.

WkNr.990007 modelo A-8 com motor alemão BMW 801F, está Militärhistorisches Museum Flugplatz no Aeroporto de Gatow, Berlim, Alemanha.

WkNr.990008 modelo A-8 com motor radial Shvetsov ASh-82FN-4k, está desaparecido, não há informações sobre onde esteja, calcula-se que foi roubado e está muitíssimo bem guardado em algum hangar de um colecionador anônimo.

WkNr.990009 modelo A-8 com motor alemão BMW 801F, pertencia a Tom Blair, porém foi totalmente perdido em acidente em Julho de 2014.

WkNr.990010 modelo A-8 com um motor americano Pratt & Whitney R-2800 Double Wasp, pertence a Rudy Frasca de Urbana, Illinois, Estados Unidos

WkNr.990011 modelo A-8 com um motor americano Pratt & Whitney R-2800 Double Wasp, está no Tri-State Warbird Museum, em Batavia, Ohio, Estados Unidos

WkNr.990012 modelo A-8 com motor radial Shvetsov ASh-82FN-4k, está no Museu Asas de um Sonho da Companhia Aérea TAM em São Carlos, São Paulo, Brasil.

WkNr.990013 modelo A-8 com motor alemão BMW 801F, está no Museu Meier Motors, em Eschbach, Baden-Württemberg, Alemanha, mas está sendo reparado após realizar um pouso forçado, o que causou danos significativos á aeronave na cidade de Hyères, França em Junho de 2010.

WkNr.990014- Destino desconhecido 

WkNr.990015 modelo D-9, este a primeira das três variantes "Dora" de focinho longo, oferecida à venda pela Flug Werk em 2004. Chegou a Kissimmee, Flórida em 2006, com o então proprietário Tom Blair, pronta para voar em 2008. Atualmente propriedade de Jerry Yagen / Museu da Aviação Militar, N623TB. Virginia Beach, Virgínia.  (supostamente para ser re-motorizado com um Jumo 213 que está registrado com o D-9 WkNr.210111 original) 

WkNr.990016 modelo A-8 – Destino desconhecido 

WkNr.990017 modelo A-8 com motor alemão BMW 801F, Proprietário particular, esta na Alemanha, D-FWJS. 

WkNr.990018 modelo A-8 – Destino desconhecido 

WkNr.990019 modelo A-5 com motor radial Shvetsov ASh-82FN-4k pertence a Daniel L. Kirkland de Kingman, Arizona, Estados Unidos, foi danificado em acidente em 30 de março de 2012 e reparado pela GossHawk Unlimited.


Como sabemos, o "Museu Asas de um Sonho" da TAM, possui em seu acervo uma destas relíquias que faz parte de seu rico acervo, porém, o museu encontra-se fechado por tempo inderteminado, o que é uma verdadeira frustração para nós amantes da aviação. Esperamos que a LATAM reabra em breve o museu que esta localizado em São Carlos - SP.




Por: Augusto Cesar Peixoto Vianna - Colaborador do GBN News, formado em História pela UFF e pós-graduado em História Militar pela UNIRIO, adepto do Airsoft

GBN News - A informação começa aqui
Share this article :

0 comentários:

Postar um comentário

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger