domingo, 3 de maio de 2015

Navio da Marinha que sofreu pane e está à deriva deve chegar amanhã a Belém

Rebocadores da Marinha vão resgatar o Navio de Desembarque de Carros - Ceará que interrompeu sua viagem ao Haiti depois que uma avaria na manhã deste sábado (2) danificou o sistema de propulsão.
A embarcação avariada está a 500 milhas náuticas na costa da Guiana Francesa. O navio será levado para a Base Naval de Val de Cães, em Belém, para reparos. O comando da Marinha informa que não há riscos para o navio nem sua tripulação. A embarcação levava suprimentos, equipamentos e militares que atuam na Força de Paz do Haiti.
Dois rebocadores de Alto-Mar foram enviados para prestar auxílio ao navio “Ceará”, informou a Marinha. O auxílio deve chegar ao local até a manhã de domingo (3). O navio será rebocado até Belém, onde serão realizados reparos.
No incidente da pane, um tripulante caiu de uma altura de cinco metros, dentro da própria embarcação. Ele já foi resgatado de helicóptero.
A situação ocorreu em 29 de abril, às 19h45. O tripulante sofreu trauma na cabeça em virtude da queda de uma escada.
"Por precaução, no dia 30, o mesmo foi evacuado por helicóptero, para Caiena (Guiana Francesa), a fim de ser submetido a exames complementares. Não tendo sido constatado nenhuma anormalidade, o militar foi transportado para Belém, em voo comercial", informou a Marinha por meio de nota.
O militar ainda foi levado para o Hospital Naval de Belém, de onde recebeu alta hospitalar ontem, estando em boas condições de saúde.

Fonte: GBN com agências de notícias

0 comentários:

Postar um comentário