quarta-feira, 20 de maio de 2015

Irã não permitirá ida de inspetores nucleares a instalações militares

O guia supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, afirmou nesta quarta-feira que um acordo sobre o programa nuclear iraniano com as grandes potências excluirá a inspeção das instalações militares e as entrevistas com cientistas, informou a agência oficial Irna.

"Já afirmamos que não permitiremos nenhuma inspeção das instalações militares por parte dos especialistas estrangeiros", disse.
"Também dizem que devemos permitir entrevistas com cientistas nucleares. Isto é interrogatório. Não permitirei que estrangeiros venham falar com cientistas que avançaram com a ciência a este nível", declarou Khamenei.
Estados Unidos, Grã-Bretanha, China, França, Rússia e Alemanha negociam com Teerã um acordo que deve ser concluído até 30 de junho para evitar que o Irã possa desenvolver armamento nuclear, em troca de uma suspensão das sanções internacionais.
Caso o acordo seja implementado, o Irã reduziria dramaticamente suas atividades nucleares.
Teerã sempre afirmou que seu programa atômico tem fins pacíficos.
Fonte: AFP

0 comentários:

Postar um comentário