quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Novo TU-160M2 deverá voar em fevereiro

O protótipo do bombardeiro estratégico Tupolev Tu-160M2, aeronave de projeto originário na era soviética, ganhará os céus pela primeira vez no aeródromo da Kazan Aviation Enterprise em fevereiro de 2018, revelou uma fonte na última terça-feira (7).

"A aeronave com número de série 804, a qual passa por um rigoroso processo de montagem, deixará em breve a linha de montagem final da Kazan Aviation Enterprise e será entregue para realizar os teste de voo em novembro deste ano. O avião deverá realizar seu voo de estréia em fevereiro do próximo ano ", disse a fonte.




Esta "será a primeira aeronave de combate capaz de executar as mesmas atribuições, que os 16 Tu-160 operacionais fazem", disse ele.

"A 804º aeronave será posteriormente atualizada para variante Tu-160M2", disse a fonte.

Foi relatado em 2015 que a Rússia tomou a decisão de retomar a produção de bombardeiros Tu-160 em sua Variante atualizada Tu-160M2 e adiar o desenvolvimento do bombardeiro de nova geração PAK DA.

O Ministério da Defesa russo informou que a produção em série dos bombardeiros Tu-160M2 deverá começar em 2023. A Força Aérea Russa pretende comprar no mínimo 50 dessas aeronaves.

O Tu-160 é um bombardeiro estratégico da era soviética, armado com mísseis de cruzeiro que podem transportar ogivas nucleares. Junto com os Tu-95MS, o Tu-160 faz parte das forças nucleares estratégicas da Rússia, juntamente com os sistemas de mísseis terrestres e submarinos.

De acordo com dados disponibilizados, a Rússia atualmente opera 16 aeronaves Tu-160 construídas durante o período soviético. Cerca de metade desses bombardeiros já foram submetidos a reparos e modernização.

O vice-ministro da Defesa russo, Yuri Borisov, disse anteriormente que todos os bombardeiros Tu-160 operacionais na Rússia serão totalmente atualizados.



GBN News - A informação começa aqui
com agências

0 comentários:

Postar um comentário