sábado, 18 de novembro de 2017

Buscas ao ARA "San Juan" prosseguem sem sucesso

Prosseguem as buscas ao submarino argentino "ARA San Juan", desaparecido desde quarta-feira (15), o submarino continua sendo procurado sem sucesso até o momento. Aumenta o temor pelos 44 tripulantes que encontram-se á bordo.

O governo argentino anunciou na noite de sexta (17) o protocolo de "busca e resgate", segundo as convenções marítimas internacionais afim de intensificar os esforços para localizar o submarino.

Todos os navios os na zona foram convocados para informar sobre qualquer avistamento ou sinal de comunicação do submarino, assim como as bases do litoral.

"Faremos o necessário para achar o submarino o quanto antes possível", afirmou o presidente Mauricio Macri.

A Argentina recebeu formalmente oferta de ajuda do Brasil, Chile, Uruguai, Peru, Estados Unidos, Grã-Bretanha e África do Sul, segundo informou a Armada argentina.

Ontem a noite, a Gaceta Mercantil chegou a noticiar que o ARA "San Juan" teria sido localizado, porém, as informações não procediam e o submarino segue desaparecido.

O San Juan não ativou até o momento a rádio-baliza, um elemento que emite sinais para facilitar sua localização em caso de acidentes.

A Armada Argentina mantém duas hipóteses para o ocorrido: Na primeira hipótese, após ficar sem comunicação com a base, o ARA "San Juan" pode ter prosseguido com a rota programada, segundo a qual deverá chegar ao seu destino na próxima semana. Na segunda hipótese apresentada, o submarino poderia ter sofrido uma pane elétrica grave, a qual poderia ter deixado o submarino sem comunicação e propulsão.

Na segunda hipótese o ARA "San Juan" estaria a deriva no mar. Segundo a meteorologia, o mar está agitado e com ventos de 90 km/hora na região.

GBN News - A informação começa aqui
com agências

0 comentários:

Postar um comentário